Emuladores de Switch rodam até lançamentos a 60 FPS

O Switch foi lançado em março de 2017 e na época já não era um hardware muito robusto. Não que precisasse: considerando o que a Nintendo tinha em mente, as escolhas de design foram por economia. A meta era poupar bateria e entregar resultado equilibrado entre os modos portátil e TV.

Se por um lado o híbrido é um sucesso (recentemente superou as vendas do 3DS com menos tempo na praça), por outro essa "humildade" envolve um problema: sua emulação fica mais acessível.

A emulação de consoles pesados em máquinas atuais é sempre impraticável. O PlayStation 3, por exemplo, foi lançado há quase 15 anos e só agora estão conseguindo emular o sistema em PCs com qualidade decente – e só em configurações de primeira. O Saturn, de 1994, levou décadas pra ter uma emulação meia-boca total por causa da arquitetura caótica complexa, com um monte de processadores.

Mas adivinhe? Com o Switch não é o que está acontecendo. Apesar de ser uma plataforma em plena atividade comercial, já tem emulação funcional. Entre outros, o Yuzu é um emulador de Switch que está com resultados convincentes e em avanço.

switch bowsers emulador
Bowser's Fury foi lançado no último dia 12 no Switch e já tem emulação estável.

Dezenas de jogos atingiram estado Okay, Great ou Perfect. Ou seja, mesmo que os listados como Okay e Great tenham pequenos glitches, estes não impedem a apreciação do conteúdo completo. Muitos estão em emulação perfeita, o que deve ser preocupante para a Nintendo.

E pior: entre os jogáveis, há lançamentos como Super Mario 3D World + Bowser's Fury.

Nem lançamento escapa

Escrito em C++, o Yuzu tem distribuições para Windows e Linux. Foi criado pelos mesmos programadores do Citra, emulador de 3DS. Muita coisa funciona graças a patches, como Mario Kart 8 Deluxe e Pokémon Sword/Shield, mas saber que títulos lançados esse mês estão jogáveis é no mínimo curioso. A Nintendo deve estar muito satisfeita...

O usuário someother1one publicou um vídeo mostrando Super Mario 3D World + Bowser's Fury sem maiores problemas no Yuzu. Suas configurações para um desempenho estável:

  • i7 4790k
  • 16 GB RAM Ripjaws 2000MHZ CL10
  • GTX 1070ti
  • Windows 10 64-bit

Em outro vídeo, ele demonstra o jogo rodando no emulador Ryujinx. Está bem estável em 60 FPS; só em alguns pontos, como ao enfrentar Bowser, sofre quedas súbitas chegando a bater nos 18 FPS. Mesmo assim, muito jogável.

O Ryujinx, até janeiro desse ano, já havia sido testado com mais de 3 mil games; a lista de compatibilidade tem quase 1500 em estado jogável. É muita coisa para um sistema ativo.

Daniel Lemes
Fundador do MB, quase mil artigos publicados em dez anos pesquisando e escrevendo sobre games. Ex-seguista, fã de Smashing Pumpkins e Yu Suzuki.

2 COMENTÁRIOS

  1. Ao invés de vender hardware. As empresas poderiam começar a vender seus consoles como emuladores oficiais, só o controle seria vendido fisicamente em separado junto com o serial key do emulador. Aí todo mundo jogaria em PC. O console, enfim, seria um emulador já na fonte.

    • Acho que o futuro vai ser próximo disso, não bem uma emulação mas cada vez mais perto do hardware de PC pra facilitar a integração, ports, etc.

Deixe seu comentário

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui

Mais recentes

Mais lidas