ToeJam & Earl tem campanha para voltar via Kickstarter

Capitaneado pelo criador do game original, Greg Johnson, jogo é um recomeço para a série, com fortes raízes no clássico do Mega Drive.

4
135

Em 1991, o Mega Drive recebia um dos games mais originais de todos os tempos, o insano ToeJam & Earl, de Greg Johnson. A história mostra a aventura na Terra de dois alienígenas loucos por funk e hip hop; a música é a essência do planeta deles, Funkotron, lugar cool e cheio de ritmo — o oposto daqui, um ambiente inóspito, infestado de seres idiotizados e perigosos, uns tais "terráqueos", conhece?

Com jogabilidade rara, gráficos e sons cômicos e toneladas de diversão, ganhou logo uma massa de fãs e virou clássico cult. Um dos meus favoritos de sempre, já falei sobre ele no MB.

Depois de uma continuação meia-boca e outras aparições esporádicas, Greg resolveu usar o Kickstarter para testar a popularidade dos aliens, pedindo, com sua empresa, a Humanature Studios, 400 mil dólares para uma nova saga da dupla, começando no PC. E a campanha vai muito bem: em sete dos trinta dias, já alcançou metade do valor.

ToeJam & Earl back in the groove

Batizado "ToeJam & Earl - Back in the Groove", a produção vai herdar muito do primeiro jogo, mantendo a linha oldschool, com sprites 2D, câmeras isométricas e foco na simplicidade de controles e diversão. O segundo da série não será esquecido, e seus melhores personagens também devem voltar, assim como as competições de hip hop. Tudo costurado por novas mecânicas de gameplay — sempre, claro, ao som do funk.

O artista que assina o design é Nathan Shorts, que buscou um visual bem retrô, inspirado em quadrinhos dos anos 90. Nada de muito polígono: personagens devem parecer desenhados, uma animação mesmo. Já os mapas, compostos pelas mesmas "ilhas" empilhadas de outrora, permitirão zoom para checar detalhes do terreno; efeitos de iluminação parecem muito bonitos. O modo cooperativo com tela dividida estará presente e ainda melhor, para até 4 jogadores com opção online.

ToeJam and Earl 2015
A visão dos níveis inferior e superiores dará uma sensação de profundidade que o original não tinha

E o que tem de novo? Itens carregados que liberam novas opções, potencializados se coletados em quantidade. ToeJam poderá interagir mais com o parceiro Earl, subindo em suas costas para atirar tomates. NPCs como o cachorro de três olhos do segundo game também vão interagir, farejando itens e inimigos.

As recompensas são igualmente divertidas. Quem é fã de figuras precisa chegar com 200 dólares pra ter o kit com ToeJam, Earl e a nave Rapmaster Rocket. Com 5 mil, seu nome aparece grafitado num muro in-game; com incríveis 10 mil, o contribuidor será transformado num dos earthlings bonzinhos, além de participar do design do personagem, curtir um jantar com a equipe e mais uma porrada de brindes.

Para seguistas saudosos, é só esperar, pois parece que o projeto vai rolar. E quem não era seguista, trate de conhecer logo o original, se ainda não o fez, pois é um desses que rompem barreiras de fanboyzice. A previsão de entrega é novembro.

Por enquanto, confira a animação genialmente genial:

Pra constar: ao contrário do que a maioria pensa, ToeJam não pertence nem foi desenvolvido pela Sega, é do próprio Greg Johnson, que à época produziu o game pela Johnson-Voorsanger Productions (que fundou com Mark Voorsanger, co-criador de ToeJam & Earl).

Artigo anteriorO remake de Metal Gear era uma farsa (ao que parece)
Próximo artigoQual o melhor controle #2: Nintendo 64, Playstation ou Saturn
Se não tiver conta no Memória BIT, será criada uma. Nada será publicado em seu perfil.
Se já tem conta no MBIT, faça login nela e vincule-a ao Facebook.

4 COMENTÁRIOS

X
Todos os comentários passam por moderação antes de publicados. Se o seu for aprovado, vai aparecer em breve!
  1. Ooooohhh! valeu Daniel, não sabia dessa iniciativa, e eu tivesse US$10.000 certamente iria participar para ser eternizado em um game (ha ha ha ha ha!) Como sou um pobre brasileiro fico na espectativa de comprá-lo após o lançamento.

    ToeJam & Earl é um game fantático, realmente para FanBoy Vermelho nenhum botar defeito.

    • Eu também, mas escolheria ser um vilão =D
      Pior que a campanha deu uma travada, falta mais de 100 mil ainda, começo a achar que não vai chegar à meta...

DEIXE UMA RESPOSTA