Não, a Sega não vai abandonar o mercado de consoles (ainda)

O que a Sega Sammy planeja é uma reestrutura de seu escritório em San Francisco e focar nos mercados PC e mobile.

329

Nos últimos dias, circula a notícia da iminente saída da Sega do mercado de consoles, para focar exclusivamente em PC e mobile.

Tudo começou com uma nota divulgada pela Sega Sammy Holdings, que foi repercutida pelo Japan Today com o título "Fãs lamentam saída da Sega do mercado de consoles". O artigo começa dizendo:

A Sega Sammy Holdings, companhia que agora controla a antes pioneira dos videogames Sega, está fazendo uma séria revisão de sua estrutura e base de operação. Declarações do conglomerado reforçam esse processo ativo, mas um dos primeiros passos parece ser a Sega deixar o negócio de games em consoles para focar no que consideram suas áreas de maior crescimento: os jogos mobile e online PC.

Vejam a diferença entre as manchetes e o primeiro parágrafo. O que a declaração da companhia diz exatamente é:

Organizações locais gerenciando games em embalagem nos mercados do Ocidente serão reduzidos. Nos Estados Unidos, a Sega of America Inc. com base em San Francisco será realocada para Southern California neste verão e seu escritório em San Francisco será fechado em seguida, o que resultará em redução de custos, especialmente nas funções corporativas.

A Sega, com isso, deixa claro que quer focar nos jogos online de PC e mobile, que não por acaso são fontes de lucro muito maiores que consoles. Leve-se em consideração os quase 125 milhões de usuários da Steam e bilhões de smartphones em circulação, e a decisão faz todo sentido. Focar nesses ramos não significa que estão fora dos consoles.

Dois dias antes, eles haviam anunciado games para 3DS como Dengeki Bunko: Fighting Climax no Ocidente, e um pouco antes, Hatsune Miku: Project Mirai DX.

Mas se não é o bastante, dias atrás Takashi Iizuka, do Sonic Team, confirmou que Sonic não vai deixar o mercado de consoles:

Pessoalmente não planejo parar Sonic nos consoles domésticos. Não se preocupem com isso! E aproveitem!

Ou seja: não acredite em todo post caça-clique que lê. Ao que parece, a Sega vai continuar nos consoles enquanto eles forem lucrativos.

FONTESEGAbits
Artigo anteriorQual o melhor controle #2: Nintendo 64, Playstation ou Saturn
Próximo artigoRevelado teaser com gameplay de Project Y, da Watermelon