Aniversário de Phantasy Star rende game para Android e iOS

A clássica série de RPG sai do armário, com detalhes a serem revelados nesta terça, 24.

0
65

A clássica série Phantasy Star completou 30 anos em 2017 — no Ocidente, 2018 —, e a Sega resolveu homenageá-la da melhor forma possível: com um game. Está no ar uma contagem regressiva, que termina ao meio-dia da terça (24), prometendo um RPG para sistemas iOS e Android.

A personagem está tirando a máscara...

A esperança é que seja algo digno do nome e ocasião, não um caça-níquel fuleiro. Não é impossível ser um gacha feroz — aqueles jogos baseados em obtenção paga de personagens, tipo Final Fantasy: Brave Exvius. Dentro da série Sega Forever já foi lançado Phantasy Star II no Android (jogue aqui) e iOS, mas o original continua fora. Edit: na verdade, Phantasy Star I foi lançado para celular no Japão em 2004, como Phantasy Star: Deluxe Edition.

Será que uma data tão especial não pedia algo maior, como um remake para Switch, por exemplo? Ou o relançamento de jogos exclusivos do Japão, como Phantasy Star Online 2?

Não há qualquer informação adicional, então para saber do que se trata, o jeito é esperar até amanhã. Se vale como sinal, note que o logotipo tem a silhueta do Myau, até com vidro de Alsulin no pescoço...

Phantasy Star foi lançado em 20/12/1987 no Japão, e em 1988 nos Estados Unidos, para o Master System. A história da heroína Alis contra o vilão Lassic foi um tipo de resposta da Sega a Dragon Quest, do Famicom. Apesar do fiasco do console nos principais mercados, PS conquistou seu lugar como um dos grandes RPGs da terceira geração.

Artigo anteriorEntrevista: Victor Ireland, da Working Designs
Próximo artigoSega anuncia Idola: Phantasy Star Saga para Android e iOS
Se não tiver conta no Memória BIT, será criada uma. Nada será publicado em seu perfil.
Se já tem conta no MBIT, faça login nela e vincule-a ao Facebook.

SEM COMENTÁRIOS

X
Todos os comentários passam por moderação antes de publicados. Se o seu for aprovado, vai aparecer em breve!

DEIXE UMA RESPOSTA