Wonderland Dizzy para NES: 22 anos depois de “perdido”

Desenvolvido em 1993, Wonderland Dizzy seria mais uma parte da franquia Dizzy, criada pela Interactive Studios dos gêmeos Oliver — Philip e Andrew, fundadores da mais tarde rebatizada Blitz Games, que desenvolveu vários títulos para consoles e plataformas móveis. A série, renomada principalmente na Europa com vários jogos para computadores e consoles, é estrelada por um ovo antropomórfico (!).

Entre esses, WD em especial falhou em ser lançado pelo menos duas vezes: uma junto com o dispositivo Aladdin Deck Enhancer, da própria Codemasters, para NES, e outra quando foi retirado da coletânea Excellent Dizzy Collection, do Game Gear.

Passado o tempo, muita gente esqueceu dele e outros pensaram até que o código havia sido perdido, mas recentemente os Oliver "descobriram" numa caixa de itens que levaram à PlayExpo, em Blackpool (Inglaterra), que não só tinham um mapa que seria incluído no game, como o código quase completo num disquete.

Os criadores haviam simplesmente esquecido completamente do game. Com ajuda do programador Lukasz Kur, conseguiram transformar o apanhado de dados em algo jogável, e melhor: grátis. Lukasz adicionou novos modos, incluindo para 2 jogadores e opções como vidas infinitas e idiomas. Tem até português!

Wonderland Dizzy

Não tem cartucho, mas é só chegar até o site oficial, baixar a ROM e mandar bala no seu emulador favorito. Ou se preferir, jogar diretamente no emulador do site.

Se você for fã, aproveite porque quase certamente é a última vez que a turma ovoide dará as caras para a humanidade. Segundo Philip em entrevista ao Eurogamer, a chance de futuras revisitas à série são "mínimas", já que apesar do fechamento da Blitz Games, os gêmeos estão trabalhando em SkySaga.

Daniel Lemes
Daniel Lemes
Fundador do MB, quase mil artigos publicados em dez anos pesquisando e escrevendo sobre games. Ex-seguista, fã de Smashing Pumpkins e Yu Suzuki.

Deixe seu comentário

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui

Mais recentes

Mais lidas