Tectoy anuncia relançamento do Mega Drive para junho de 2017

Sem HDMI mas com entrada para cartucho e cartão SD, o design clássico - pelo menos visual - está garantido.

2
267

A Tectoy anunciou hoje o misterioso novo console que havia sido prometido há alguns dias. Terminada a contagem regressiva no site, foi revelado o relançamento do Mega Drive em sua versão original, tal como o público conheceu em 1990.

Ou melhor: definitivamente não. Mas a ideia era essa.

Em pré-venda de edição limitada, o console — considerando que seja o mesmo das imagens divulgadas no site — será visualmente idêntico ao Mega Drive 1, o grande com o "16-bit" e o "High Definition Graphics" na carcaça. Se só isso bastaria pra fãs terem chiliques de nostalgia, virá com entrada para cartuchos, e uma entrada traseira para cartões SD, além de fonte interna e 22 jogos incluídos. Assim, mesmo quem não tem mais carts, nem vontade de recuperá-los, vai jogar tranquilo com ROMs via cartão.

Só alegria? Sejamos honestos: o Mega Drive não voltou, só fará uma aparição espectral. Um fantasma bonito de uma época sensacional, mas sem essência. Como aqueles artistas mortos fazendo show através de holograma. Ele não vai acenar pra você, nem pegar a calcinha que você jogou no palco, nem tirar foto no fim da apresentação.

É um vulto do passado para matar sua saudade, mas que não se compara ao antigo. Não é a mesma pessoa num corpo mais jovem.

banner-mega-drive-tectoy
Banner oficial da Tectoy para a "volta" do Mega Drive.

Ao contrário da expectativa recente, o vídeo não terá qualquer saída moderna: é RCA composto, mais old school impossível. Se para TVs antigas basta, quem pretende jogar numa modernosa LED caiu do cavalo, pois a qualidade não será das mais interessantes (ruim, sim). Comece a tirar o pó da tubão, ou talvez seja melhor continuar no emulador.

Para manter o visual 100% nostálgico, o controle no pacote é o mais antigo, de 3 botões. Tem presença, mas é a pior opção possível em termos de jogabilidade, sem dúvida. Cada controle adicional pode ser adquirido por R$49,00 (ou R$46,55 no boleto à vista).

O que tem de original? A carcaça plástica e até prova em contrário, só. Apesar da Tectoy tratar o item com frases como "O Mega Drive está de volta", calma lá. Ainda não foi mostrado o que estará dentro da bela carcaça. Se é algo parecido com o hardware original ou só mais uma placa chinesa de quinta categoria, só o tempo dirá. Os indícios, porém, não são auspiciosos.

Por que parecido? Eles avisam nas Perguntas Frequentes que não será igual, pois muitos componentes não são mais fabricados. Mas a seção garante que não será outro emulador: terá um circuito integrado com componentes "similares" aos antigos.

O Mega Drive não é um emulador. O aparelho possui um circuito que integra componentes similares ao do produto original, uma vez que os circuitos integrados originais não são mais fabricados.

Até aí ok, mas começa a complicar quando...

"P: Por que o Mega Drive não tem HDMI?
R: A grande maioria das TVs à venda no mercado brasileiro dispõe de entrada de vídeo composto (RCA), compatível com a saída do Mega Drive. Acrescentar a saída HDMI ao console elevaria o preço final do produto para o consumidor sem o aumento da resolução original.
"

Tá, a maioria das TVs tem RCA, mas peraí... Colocar HDMI não seria elevação desnecessária de custo, mas um atrativo enorme para consumidores que pagariam sorrindo um tanto mais por ele. Isso me cheira a desculpa. Faltou dinheiro pra revisar o projeto, não quiseram mexer pra reduzir custos?

E as mais reveladoras / preocupantes:

"P: Os acessórios, como Game Genie, Sega CD, Power Base Converter, 32x Meganet, Activator, Mega Mouse e multitaps funcionam no Mega Drive novo?
R: Não.

P: O novo Mega Drive é capaz de dar saída de vídeo no padrão RGB com os cabos corretos, como o Mega Drive original fazia nativamente usando um cabo SCART?
R: Não.

P: Muitas soluções emuladas têm problemas para reproduzir com precisão os sons do Mega Drive original. Como o novo console pretende reproduzir o áudio do console original?
R: O Mega Drive reproduz o áudio através de componentes similares, portanto o resultado não será 100% igual ao original.

P: O Mega Drive roda jogos com chips especiais como Virtua Racing e Sonic & Knuckles?
R: Não.
"

Não tem compatibilidade com nada, exceto cartuchos básicos. Apesar dos componentes "similares", não tira RGB nem ferrando. Parece placa chinesa com design totalmente diverso do original, ou eu que estou pegando demais no pé da estimada Tectoy?

Acho que infelizmente é a primeira opção.

Traseira do novo Mega Drive: fonte interna, vídeo composto com som estéreo e um slot para SD Card.
Traseira do novo Mega Drive: fonte interna, vídeo composto com som estéreo e um slot para SD Card.

Qual o tamanho da decepção?

Não esperava nada muito espetacular, embora a gente tenha viajado nas possibilidades ao ouvir a notícia da investida. Sonhava com algo sólido, que fizesse jus ao nome Mega Drive. Não é o caso. Parece mais um produto apressado, econômico, quase totalmente escorado em projetos de 30 anos e sem o mínimo esforço / investimento em entregar um diferencial. Esse diferencial poderia ser o ingrediente para levar o remake longe. Talvez a Tectoy esteja perdendo uma grande oportunidade.

A gente fica chateado, porque queria muito apoiar a empreitada, dar aquela moral pela iniciativa. De verdade. Mas não me sinto propenso a isso por um hardware estranho, com vídeo composto e incompatível com quase tudo. O preço, R$379,05 via boleto à vista, ou R$399 parcelado no cartão, também não agradou muita gente, já que opções como o HDMI ficaram fora.

O Mega Drive não está de volta, e provavelmente nunca estará. Mas se pra você basta um visual bonitinho e algo pra jogar no style, talvez valha a pena. Mesmo com pontos negativos, parece um tanto melhor que os Firecore e outras tralhas do tipo. Pelo menos não faz vergonha na sala. Encomende o seu, lembrando que a entrega é a partir de junho de 2017.

E só pra finalizar: 90 dias de garantia? Nem vou falar nada...

Artigo anteriorProtótipo de GODS para SNES disponível em ROM
Próximo artigoVale a pena ter um Sega CD? 10 games para dizer sim
Se não tiver conta no Memória BIT, será criada uma. Nada será publicado em seu perfil.
Se já tem conta no MBIT, faça login nela e vincule-a ao Facebook.

2 COMENTÁRIOS

X
Todos os comentários passam por moderação antes de publicados. Se o seu for aprovado, vai aparecer em breve!
  1. É esse não é um Mega Drive legítimo, mas mesmo assim é oficial e colecionadores compraram provavelmente.

DEIXE UMA RESPOSTA