Homem tenta matar fundadores do estúdio de Genshin Impact

Enquanto Genshin Impact segue como fenômeno de popularidade, o estúdio chinês MiHoYo está nas nuvens. Mas os fundadores levaram um susto quando um cara foi preso ao invadir o prédio da desenvolvedora, planejando matá-los.

O crime aconteceu no último sábado, quando o sujeito foi detido na sede da empresa com uma faca, na cidade de Foshan. Segundo fontes locais, ele pretendia assassinar os fundadores da MiHoYo, Liu Wei e Cai Haoyu, e pular do edifício em seguida.

O motivo, no entanto, não seria Genshin Impact e sim Honkai Impact 3rd. O RPG free-to-play recebeu, na ocasião do aniversário, uma atualização com fantasias de coelhinhas. No vídeo promocional, personagens aparecem dançando num palco.

A atualização causou uma onda de protestos de jogadores. Segundo eles, descaracterizava as personagens (chamadas de Valquírias, guerreiras, etc). Alguns também consideraram o modo de distribuição uma forma de censura, pois só mercados fora da China receberam o presente.

Pedido de desculpas não bastou

Sob espancamento público, a MiHoYo reconsiderou a decisão e removeu todo o conteúdo dito "inapropriado". Jogadores foram recompensados com itens in-game no dia 23/04.

Mas não foi o bastante. A polícia descobriu que o invasor pesquisou na internet fotos dos fundadores do estúdio e também comprou duas facas com lâminas de 9 cm. Mas antes que completasse o plano, foi detido em flagrante e ninguém se feriu.

Não ficou claro se a motivação violenta seria a criação das fantasias ou a remoção delas...

Daniel Lemes
Fundador do MB, quase mil artigos publicados em dez anos pesquisando e escrevendo sobre games. Ex-seguista, fã de Smashing Pumpkins e Yu Suzuki.

Deixe seu comentário

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui

Mais recentes

Mais lidas