Neil Druckmann escreveu rascunho para história de The Last of Us 3

The Last of Us Part II foi o jogo do ano 2020 e a história continua dando o que falar. E Neil Druckmann aliviou a tensão de quem temia jamais saber o que aconteceu após o épico duelo na praia: já escreveram um rascunho da história de The Last of Us 3.

Falando ao podcast Script Apart, o roteirista e criador da série confirmou que o trabalho, ainda em fase muito inicial, existe graças a um esforço conjunto com Halley Gross – corroteirista na parte 2.

Ellie em The Last of Us 2
Ellie em The Last of Us 2: segundo Druckmann, possível sequência deve manter o "padrão" criado nas primeiras duas partes.

No entanto, Druckmann foi claro: ainda é cedo para dizer qualquer coisa além disso. "Não sei quanto quero revelar. [Gross] e eu escrevemos um esboço para a história que não estamos produzindo – mas espero que um dia veja a luz do dia – que explora um pouco o que aconteceu após esse jogo".

Apesar de não falar nada sobre o que tem em mente, fica óbvio que um eventual terceiro jogo elucidará os destinos de Ellie e Abby. E como desde o primeiro há um ciclo de queda e redenção, supõe-se que o terceiro capítulo vá pelo mesmo rumo.

"Agora temos dois jogos que sinto que falam sobre algo universal, assim como contam uma história muito pessoal sobre aqueles personagens. Com um jogo, não há um padrão do que a franquia é. Com dois jogos, agora começamos a ter um padrão – agora sinto como se houvesse alguma estrutura e temática que você precisa se apegar se estiver fazendo um terceiro jogo".

Longa estrada

Até que esses esboços virem algo, há muita estrada pela frente. Como também disse Druckmann no episódio do podcast, há "bastante" discussão interna sobre a sequência, mas as primeiras ideias da parte 2 vieram sete anos antes do lançamento. "Você quer ter certeza de que está animado com aquela ideia, que ela parece desafiadora", disse Druckmann.

neil druckmann e halley gross
Druckmann e Gross

"Após terminar um de nossos grandes títulos, levamos um longo tempo explorando ideias diferentes, seja ela The Last of Us III, seja ela algo novo ou uma velha franquia que queremos trazer de volta. Gosto de explorar ao máximo aquilo tudo, olhar e dizer 'Certo, temos todas essas ideias em nossa frente. Como estúdio, com o que queremos nos comprometer? Porque é um grande compromisso - monetário, tempo, paixão, talento, então você pensa em todos os custos de oportunidade que vêm com isso."

Se seguir esse "calendário", não espere ver The Last of Us 3 antes de 2027.

ViaIGN
Daniel Lemes
Fundador do MB, quase mil artigos publicados em dez anos pesquisando e escrevendo sobre games. Ex-seguista, fã de Smashing Pumpkins e Yu Suzuki.

2 COMENTÁRIOS

  1. 2027 é descabido. Se começarem a desenvolver já 2025 seria o máximo que se pode esperar.

Deixe seu comentário

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui

Mais recentes

Mais lidas