E os óculos 3D do Master System nem eram tão legais assim

Na década de 1980, uma onda futurista tomou conta da cultura de massa. Já vinha de antes, na verdade: de Arthur C. Clarke "descoberto" no cinema no fim dos anos 60 com 2001: Uma Odisseia no Espaço aos vários Planetas dos Macacos e Star Wars (que se estenderam desde os anos 70), o filão seguiu forte, com o auge naquele período.

Ia da ficção de fantasia total ao exercício de imaginar o futuro. De viagens no tempo como De Volta Para o Futuro ao metaverso – palavra na moda hoje – de Tron. Tinha ainda os distópicos, como Blade Runner e Terminator. Qualquer coisa vendida como futurista vendia, fosse filme, livro ou videogame.

Quando não vendia, ainda fazia barulho. O arcade Time Traveller, por exemplo, usava tecnologia de holograma quase impraticável em termos de custo – ao menos em larga escala (o que não era o caso). Foi algo que geral esbugalhou os olhos ao ver nas revistas. Aquilo cheirava a qualquer coisa saída de devaneios tecnológicos.

Os primeiros modelos de óculos 3D para consoles tiveram recepção entusiástica parecida. A verdade é que a maioria dos jogadores nem chegava a experimentá-los, mas eles exalavam tecnologia, aquela coisa do "o futuro chegou". O NES ganhou um modelo exclusivo no Japão em 1987 – que por motivos óbvios, mal vimos por esses lados. Eu mesmo nunca sequer vi um.

Futuro é agora

oculos 3d master system lentes
Imagem e mensagem: Óculos 3D do Master System podia não ser grande coisa, mas impressionava só por existir.

O Master System, pouco depois, teve seu SegaScope 3-D Glasses, aqui no Brasil conhecido simplesmente como Óculos 3D. Idealizado por Mark Cerny, então um dos principais nomes da Sega – e hoje um dos principais caras da Sony –, os óculos deram uma aura de produto do futuro ao console como poucos periféricos da época.

Lembre-se: estamos falando de 1989. Mesmo sem jogar, a gente olhava aquilo e parecia realmente que o futuro da ficção tinha virado realidade de repente.

A Tectoy colaborou, com uma propaganda na TV que mostrava um moleque jogando Missile Defense 3-D (jogo também de Cerny). Os mísseis pareciam sair da tela; veja no vídeo, a partir dos 20 segundos.

Na ingenuidade infantil, a gente não sacava que era só traquinagem de marketing. Jamais os óculos se aproximariam de tal realismo.

Infelizmente, o preço dos Óculos 3D não era tão acessível e muita gente não teve interesse ou não conseguiu comprá-lo. Meu caso: tive um Master System no começo dos anos 90, quando o Mega Drive já tinha sido lançado mas o 8-bit ainda tinha lançamentos. Com isso, consegui aproveitar bem a geração.

Ou não tão bem, já que nunca pude experimentar os óculos.

Incompleto

Alguns amigos diziam que não era tudo isso. Lembro de um claramente descrevendo a experiência como "uma 💩", já que o apetrecho fazia pouco mais do que "ampliar um pouco o que está na tela".

Como assim "ampliar a tela"? Não entendi bem, mas também não comprei um. Os anos se passaram. O Master caiu em desuso, vieram Mega Drive, Saturn... Virou antiguidade, acabei quase doando o meu no começo dos anos 2000 (vendi por um preço simbólico).

Cresci, virei adulto e o verme dos Óculos 3D ficaram mofando num canto da minha memória, deixando minha história com o Master System incompleta. Será que era bom? Era ruim?

Oh, drama...

oculos 3d master system plug

Não que eu ligasse, em tal altura da vida. Se já era caro na época, hoje é que eu não pagaria 400 reais ou mais por uma peça de museu só para testá-la por dez minutos.

Mas...

O teste

A oportunidade de enfim experimentar os óculos veio graças a um leitor, que fez a doação de um Master System com os Óculos 3D. Caso esteja lendo, obrigado de novo, Alan.

A primeira coisa que notei foi o quanto os Óculos 3D são pequenos. Ou eu sou cabeçudo (bem provável). É difícil encaixá-lo no rosto, chegando a forçar um trincado no meio da armação – já veio assim e ao que parece, acontece com frequência porque foi projetado para cabeças de crianças. Mas não afetou o funcionamento.

Foi um ponto que achei negativo. Não há qualquer forma de ajustar a armação. Ou cabe na sua cabeça ou não cabe, fim. Se você for, digamos... "privilegiado em cabeça" e forçar muito, há sério risco de arrebentar o plástico. Ao menos é um material bem resistente e um tanto flexível.

oculos 3d master system adaptador
O adaptador vem com os óculos e entram na porta para jogos em cartão no console. Ou seja: não funciona com versões compactas do Master System, que tiveram a porta dos "Sega Cards" eliminada para reduzir o custo de produção.

Com mais de 30 anos nas costas, o modelo continua bonito. O design ainda parece "futurista" e descolado, e faz ainda mais sentido lembrar o impacto dele no começo dos anos 90. O design é bonito, com a superfície impecavelmente brilhante e polida.

De alguma forma, caiu bem com aquele padrão característico das embalagens do Master System, um quadriculado cinza sobre fundo branco.

Cegueira 3D

Hora de testar e já estava preocupado porque sou stereoblind. A palavra fresca é só um jeito entojado de dizer que não enxergo 3D.

Ou quase. Com muito esforço e óculos para ver de perto por cima dos óculos especiais, raramente consigo perceber um leve volume naqueles anáglifos em azul e vermelho. E nem sempre, depende da imagem.

Nunca procurei ajuda médica para saber o motivo, mas desconfio que tenha ambliopia – o chamado "olho preguiçoso", quando o cérebro meio que "desativa" a visão de um dos olhos (não é bem isso; leia lá o artigo da Wikipedia). Preciso me concentrar para que os dois olhos estejam focados juntos. Quando me distraio, o olho direito se desconcentra.

oculos 3d master system adaptador conectado

Também tenho miopia mais forte em um dos olhos. Nem usar óculos resolveu essa "cegueira 3D". Pra mim, um filme ou imagem em 3D é como qualquer outra, só com a imagem meio bagunçada. Será que no Master System seria diferentes?

Óculos na cara e o clássico Missile Defense 3D rodando. Nada. A única mudança é que a imagem tremulando na tela fica estática através dos óculos. Nenhuma sensação de tridimensionalidade.

Os óculos do Master System funcionam pelo sistema de "cortina" ou shutter. Embora pareçam apenas uma lente, cada visor é como um pequeno display de cristal líquido, que pisca em sincronia com a tela. É perceptível imediatamente ao colocar os óculos: a imagem parece estar piscando muito depressa.

Para ter certeza de que não era defeito nos óculos, pedi a outras duas pessoas que o experimentassem. Elas atestaram que certos elementos visuais pareciam "fora da tela", ou seja, levemente projetados à frente dela – aí sim, o esperado 3D.

oculos 3d master system armacao

Ou quase. Nada de muito impressionante e nem de longe parecido com a propaganda antiga. Só um pouco de volume em alguns elementos.

Trinta anos de ilusão.

Vale o custo hoje?

Como curiosidade ou item de coleção, talvez. Mas note que apenas oito jogos compatíveis foram lançados. Se o tivesse experimentado na época, eu jamais recomendaria os óculos do Master System. Era um truque até interessante e boa jogada para o marketing. E só.

De qualquer forma, valeu para matar a curiosidade. Agora sinto que minha saga com o "velho mestre" está completa. Não que estivesse perdendo grande coisa.

Daniel Lemes
Fundador do MB, quase mil artigos publicados em dez anos pesquisando e escrevendo sobre games. Ex-seguista, fã de Smashing Pumpkins e Yu Suzuki.

3 COMENTÁRIOS

  1. Na época em que eu tinha o Master System, aluguei os Óculos 3D (não havia condições de comprá-lo) e alguns jogos. Lembro de ter gostado, mas já vão quase 30 anos.
    Boa lembrança.
    Abraço!

    • Legal, nem cheguei a vê-lo pra locação na minha área. Único acessório que alugavam e testei foram pistolas tipo Justifier (com Lethal Enforcers). Teria sido minha chance já que não tinha condição financeira de comprar um. Abraço!

  2. Cara...me avisaram e me deram um alerta sobre esse acessório na época!!!! lembro de jogar na casa de um amigo determinado jogo com o óculos e depois de algum tempo tive a sensação de dor de cabeça e visão pesada...e não foi muito tempo de jogatina, lembro!!!! Depois de algum tempo fui testar aquele óculos da nintendo que podia ser feito até em casa com material de artes...testei no jogo Rad Racer!!!! Saudades dessa época, valeu!!!!

Deixe seu comentário

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui

Mais recentes

Mais lidas