DICE trabalha para Battlefield 2042 ter jogo cruzado entre PC e consoles

A EA/DICE "quer desenvolver e testar" crossplay (jogo cruzado) em Battlefield 2042, previsto para o fim de 2022. Não é garantido, mas muito provável que o recurso esteja no próximo jogo da franquia de guerra.

O post no blog da Electronic Arts explica que em busca disso, decidiram "passar o Teste de Jogo Técnico para o terceiro trimestre, para termos a oportunidade de testar a funcionalidade de crossplay".

Além disso, a EA também trabalha para ter compra e progresso cruzados. Ou seja, os usuários de PC jogarão junto com os de consoles e também poderão transferir o progresso entre plataformas, comprando o produto só uma vez.

O crossplay não será obrigatório: o jogador poderá escolher se quer jogar contra usuários de PC ou consoles.

O que não será possível?

A presença de bots da IA não será uma opção: estarão lá para preencher o servidor quando necessário. A EA nota que a quantidade deles nunca será maior que a de jogadores humanos "a menos que a partida ainda esteja sendo preenchida ou quase vazia". Eles não poderão realizar todo tipo de atividade.

Outra obrigatoriedade será o estar online o tempo todo. "Battlefield 2042 é uma experiência exclusivamente multiplayer. Você pode jogar solo contra soldados controlados pela IA para treinar, no entanto, será em um ambiente online", diz a publicação.

As versões de Battlefield 2042 para PS4 e Xbox One também terão crossplay, mas contidas entre si. Será assim porque consoles da geração anterior terão suporte a 64 jogadores, contra 128 de PC e nova geração de consoles.

Battlefield 2042 chega em outubro de 2022. Se estiver nos Estados Unidos, Europa ou Austrália e quiser uma chance de participar da fase de teste, inscreva-se no programa de playtesting da EA.

Daniel Lemes
Fundador do MB, quase mil artigos publicados em dez anos pesquisando e escrevendo sobre games. Ex-seguista, fã de Smashing Pumpkins e Yu Suzuki.

Deixe seu comentário

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui

Mais recentes

Mais lidas