FIFA 22 no PC pode ter limite de ativação em uma máquina

A EA parece que não vai muito com a cara dos peceístas. FIFA 22 já começa errado por não usar a tecnologia Hypermotion, badalada por gerar animações mais realistas. Ao comprar o novo FIFA pra jogar no PC, você terá basicamente o mesmo que a geração passada de consoles.

Por quê? A justificativa é que excluiria muita gente usar tecnologia tão moderna num ambiente variado como o dos computadores.

Nunca rodaria no meu surrado 1060, então tanto faz... Azar mesmo é o seu, que gastou horrores pra montar um PC de elite. Ou engole um FIFA com motor similar ao 21, ou se fizer questão do recurso, compre um PlayStation 5 ou Xbox X|S.

Mas sempre pode piorar. Além de jogar uma versão capada, talvez você não possa ativar o jogo em mais de uma máquina via Steam.

"Incorpora DRM de terceiros: requer ativação online e instalação e uso em background do cliente Origin. Limite de ativação 1 máquina", dizia a descrição de FIFA 22 na Steam. No momento, o trecho foi removido, deixando a dúvida...

Erro ou antecipação?

Colocaram a bomba lá por engano e só avisariam depois de todo mundo comprar?

Imagine se for o caso. Além de pagar um preço não exatamente barato, se mudar algo importante no hardware, prepare-se pra algum procedimento para mover a licença de máquina – se for possível. Na pior hipótese, terá que comprar outra licença.

Se tiver mais de um PC em casa e pretendia instalar em duas máquinas, por exemplo, fazendo login com a mesma conta Steam... Hmm, nope. Nada de comodidade, vá desembolsando 500ão.

Parece que gostam de complicar a vida de todo mundo.

FIFA 22 chega no dia 02/10. O pacote padrão está saindo R$ 249, e o Ultimate por R$ 349.

 

Daniel Lemes
Fundador do MB, quase mil artigos publicados em dez anos pesquisando e escrevendo sobre games. Ex-seguista, fã de Smashing Pumpkins e Yu Suzuki.

Deixe seu comentário

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui

Mais recentes

Mais lidas