Código-fonte de Cyberpunk 2077 e The Witcher 3 vazam online

Criminosos estão vendendo pacotão de dados por dez mil dólares. Além deles, vazaram vídeos internos da CD Projekt.

1

Após um ataque em fevereiro, dados da desenvolvedora CD Projekt foram colocados à venda na dark web. Ao que parece, ninguém pagou o valor pedido – 1 milhão de dólares de lance inicial ou 7 milhões para compra imediata.

Com isso, começaram a ser compartilhados online em pacotes "mais acessíveis". Entre eles, estão os códigos-fonte de Cyberpunk 2077, The Witcher 3 e Thronebreaker: The Witcher Tales.

✧ Siga o MB ✧ Twitter Instagram

Segundo postagem no 4chan, cybercriminosos pedem US$10 mil pela senha de descompactação de um pack contendo os códigos de:

  • Thronebreaker: The Witcher Tales
  • The Witcher 3 (provavelmente versão da E3)
  • The Witcher 3 (versão RTX, ainda não lançada)
  • Cyberpunk 2077

O valor arrecadado seria para uma "ação de caridade". Um usuário do ResetEra que teve acesso aos arquivos garante que estão completos, incluindo instruções de como compilar os jogos.

Para provar a legitimidade do grupo, hackers também compartilharam SDKs (kits de desenvolvimento de software) do PlayStation 4 e 5, Xbox e Switch. Essas ferramentas normalmente são restritas a desenvolvedores.

Também haviam compartilhado antes o código-fonte de Gwent, card game online da CDPR.

Versão pré-alfa

Nos últimos dias, também vazaram vídeos internos da empresa. Um deles, feito pelo time interno de Garantia de Qualidade e chamado de "Cyber ElBuggado 2020", é uma coletânea enorme de bugs de Cyberpunk 2077. Alguns estão reunidos no Reddit e ainda disponíveis.

Outro mostra uma versão pré-alfa do projeto. É possível ver ideias iniciais, entre elas câmera em terceira pessoa. Não posso publicar porque tem uma cena de chuveiro sem censura, mas no momento em que escrevo, está disponível no YouTube, aqui.

cyberpunk 2077 pre alfa
Vídeo com versão pré-alfa de Cyberpunk 2077 foi um dos vazados nos últimos dias.

Os vídeos não trazem exatamente novidades. O jogo foi um dos mais assolados por bugs em anos, precisando de vários patches. A coletânea teria sido feita meses antes do lançamento e como se nota, nem todos foram resolvidos.

Já o vazamento dos códigos-fonte tem potencial de dano não mensurado. Especialmente da versão The Witcher 3 para a nova geração, prevista para o segundo semestre.

1 COMENTÁRIO

Deixe seu comentário

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui