De surpresa, Streets of Rage 4 é anunciado

Suas preces foram ouvidas.

89

Eis que do nada, 24 anos depois do último game oficial, a série Streets of Rage ressurge das cinzas. Foi anunciada hoje a continuação da franquia de beat 'em ups que fez sucesso no Mega Drive. A publicadora será a francesa DotEmu, que vem trabalhando no retorno de títulos clássicos. Recentemente anunciaram Windjammers 2 para Switch e PC, fora Wonder Boy: The Dragon's Trap e Out of this World já no catálogo.

A Sega não está diretamente envolvida, apesar de chancelar a sequência. Honestamente, me incomoda como simplesmente deixam com terceiros uma de suas IPs mais reconhecidas, como se fosse algo menor. Mas enfim... O desenvolvimento está com a Lizardcube (Wonder Boy: The Dragon's Trap) e a Guard Crush Games (Streets of Fury).

Personagens conhecidos estarão de volta em Streets of Rage 4. No mínimo a insubstituível dupla Axel e Blaze figura entre os controláveis, pelo que se vê no trailer de anúncio.

O visual é cartunesco, desenhado à mão, lembrando um HQ. Nota-se também que inimigos clássicos retornam, como Galsia, Big Ben, Electra e os Yellow Signals. O time de design é o mesmo do remake de Wonder Boy.

Segundo a publicadora:

Streets of Rage 4 será construído sobre a jogabilidade da trilogia clássica com novas mecânicas, história e uma série de estágios cheios de perigos e um sério problema de criminalidade.

Sei o que já passou pela sua cabeça. Também passou pela minha. E O KOSHIRO? Já que a Sega foi estúpida em ignorar a série esse tempo todo, torçamos pra que o pessoal mande muito bem e não avacalhe um dos nomes sagrados para fãs antigos da marca.

Ainda não há informações como previsão de lançamento e plataformas. Nem se Mr. X, Shiva, Adam e outros personagens também reaparecem. Mantenha-se atualizado sobre o andamento pelo site oficial do projeto, Facebook, ou Twitter das empresas envolvidas (@Dotemu, @Lizardcube e @Guard_Crush).

Atualização: Yuzo Koshiro foi bombardeado de perguntas no Twitter, e resolveu se pronunciar.

"Obrigado, pessoal. Acho que entendo o que estão esperando. Mas no momento não posso falar nada sobre SOR4 aqui. Espero que vocês entendam..."

Adorei as reticências no final...

Artigo anteriorPersonagens que se tornaram (mais) sexualizados em games
Próximo artigoReview: ClayFighter (SNES)