Como comprar no Mercado Livre com menos risco de calote

Quer comprar games no Mercado Livre, mas tem medo de tantos golpes divulgados? Grande parte seria evitada com um pouco de cuidado.

1934

Pra começo de conversa: não sou representante do Mercado Livre, funcionário, nada. Como alguns sabem, tenho anúncios de games por lá, compro através deles há anos, não passa disso. Mas a verdade é que cansa ver posts, depoimentos e reclamações de gente que toma calote, perde grana e sai atirando pra todo lado, quando na maioria esmagadora das vezes, não soube se proteger.

Amigos, qualquer ambiente virtual é perigoso, não precisa ser a Deep Web para ter dúzias de malacos querendo tomar seu suado dinheiro. Se você entra num site de compras, onde gente de qualquer índole frequenta, o mínimo a fazer é seguir recomendações elementares de segurança. Não adianta achar que é esperto ao ver um PlayStation 4 por 1000 reais, ir depositando dinheiro em contas sabe-se lá de quem, tratando detalhes por fora (fica mais barato sonegar a comissão dos otários do ML, né?) e depois chorar com cara de trouxa no YouTube.

Como alguém que compra há bastante tempo e nunca teve UM problema sequer, e que também vende há alguns meses, vou tentar passar um pouco da experiência pra quem gostaria de comprar no Mercado Livre, mas perde a coragem ao ler tantos artigos negativos.

Antes de seguir, importante: minha experiência foi muito positiva com o ML até hoje, porque sigo regras de conduta segura. A maioria delas está aqui, mas não garanto o mesmo resultado pra você, pois não tenho controle sobre o seu fluxo de compra e venda. Entenda este artigo como uma opinião, não verdades absolutas (ou: não me responsabilizo pelo resultado de seus negócios no Mercado Livre, eBay, OLX ou onde for).

O ML é falho, e você também

O Mercado Livre é bem o que seu nome diz: um mercado aberto, em que qualquer pessoa pode criar uma conta e sair negociando. É uma verdadeira "feira", onde há desde ladrões esquentando produtos roubados até comerciantes sérios e preocupados em oferecer qualidade a preço justo. É difícil controlar se um cara com dados falsos se cadastra para revender ali o fruto de seus assaltos. Essa é a verdade, sad but true.

Então como saber quem é honesto ou não? Talvez, em casos muito específicos, até o mais experiente dos clientes seja enganado, mas seguindo as recomendações do Mercado Livre, e claro, condutas óbvias de segurança, que até uma criança deveria saber, você elimina vários perigos.

Reputação e cadastro recente

O site tem um sistema de reputação baseado em avaliações deixadas pelos envolvidos num negócio. Você pode avaliar o vendedor entre Positivo, Negativo ou Neutro, e a média delas aparece na barra colorida.

Aquilo não está ali pra enfeitar, não é figurinha inútil: comece a explorar as avaliações!

Reputação do vendedor no Mercado Livre

Antes de sequer pensar em comprar, olhe a barra: está mais pra verde ou vermelho? Se a barra está pela metade ou menos, você já tem um sinal de alerta, aquele vendedor anda com problemas de qualificação.

Só que "alerta" não encerra o assunto, não é tão simples; é preciso saber por qual razão a qualificação dele está naquele nível. Como saber que problemas ele teve? Será que mereceu as notas negativas, ou foi sacaneado por maus clientes? (Assim como existem maus vendedores, há maus compradores).

É só clicar no link "Ver mais dados deste vendedor" para acessar uma lista com todas as qualificações; leia à vontade e saiba o que ele anda fazendo e como tem respondido aos problemas.

Soma de qualificações do Mercadoi Livre

Nesse caso, lá no primeiro print, a caixa cinza mostra que é alguém com mais de cinco anos de presença, mais de 100 vendas, e só 1 qualificação negativa, como visto acima. É uma proporção extremamente baixa de clientes insatisfeitos, logo recebe o rótulo "Vendedor em Destaque".

Para saber o conteúdo dessa qualificação negativa, clique no ícone vermelho: assim descobri que o cliente não gostou de um produto porque teria chegado atrasado, e provavelmente não leu a descrição dele com atenção...

Qualificação Negativa no Mercado Livre

Seria o vendedor confiável? Depende da sua opinião; fora essa, ele tem outras 90 vendas positivadas. Se isso é o bastante pra ter sua confiança, vá em frente; se seu limite de confiança é estreito, procure outro. Se dependesse só desse fator, eu provavelmente faria negócio com ele.

É importante entender como a qualificação funciona para não ser injusto. Certo vendedor com 100 negativações ser melhor avaliado pelo Mercado Livre do que outro com 20, aí o comprador pensa "que sacanagem, o outro tem 80 negativos a mais, como pode ser melhor?". Considere o total de vendas de cada um: se um cara tem 5000 vendas e 100 negativas, a proporção é de 1 negativa a cada 50; já se o outro tiver, digamos, 200 vendas, sua proporção é de 1 negativa a cada 10 — muito mais elevada.

Supondo que outro vendedor tenha as seguintes qualificações:

Reputação baixa no Mercado Livre

Se quiser segurança, você não vai comprar de um vendedor assim, porque ele já tomou um monte de negativadas, numa proporção alta das vendas (mais de 10%).

Outro exemplo? O vendedor tem proporção razoavelmente alta de negativas (1 / 17), mas sempre replica de forma grosseira ou irônica às reclamações, entra em bate-boca com os clientes. No mínimo causa desconforto, vontade de não fazer negócio com alguém assim.

Vendedor ruim Mercado Livre

Vendedores novatos terão a barra vazia porque não atingiram o número mínimo de vendas, e nesse caso você deve pesar outros fatores para decidir se ele merece sua confiança. Como o próprio ML diz, "Se estiver cinza, significa que é um vendedor sem nenhuma ou com poucas vendas, mas isso não quer dizer que ele seja ruim".

A reputação é um sistema perfeito? Não, tem pontos questionáveis, como levar em conta o tipo de anúncio (pago ou grátis) e o valor das vendas. Mas é uma ferramenta à sua disposição, use-a. Não é só olhar a barra e "está verdinho, vou comprar": abra as qualificações, leia e entenda o perfil do vendedor.

Ofertas absurdas

A velha mania de ver algo muito vantajoso e se jogar, sem raciocinar direito...

Pense só um pouquinho antes de ceder à tara consumista: por que alguém venderia um produto descrito como funcionando, bom estado, num preço bem abaixo da média? Caridade? Virou monge e quer se desapegar de tudo? Está apertado, precisando de dinheiro?

Não, muito improvável. O quase certo é que você está prestes a levar uma rasteira. Se um produto está anunciado por muito menos do que vale, o vendedor é novo ou tem várias qualificações negativas, não compre, não tem essa de "promoção especial", ou "última unidade", ou "estou vendendo por necessidade". Ou ele vai tentar ficar com seu dinheiro, ou enviará algo pior do que o anunciado.

Não tem almoço grátis, normalmente você terá algo compatível com o que que pagou (mais em "Sucateiros").

Esquiva do Mercado Pago

O Mercado Pago é um tipo de "carteira online". É um sistema seguro, e se usado com sabedoria, não muito diferente da sua conta bancária comum.

Como é integrado ao ML, você pode receber e pagar compras com ele, o que inclui opções como boleto para pagamento à vista, e cartão de crédito. A melhor coisa é que pagando compras através com ele, o dinheiro fica preso até que o vendedor envie sua aquisição.

Mercadopago

Mas o cara pode enfiar um cocô na caixa em vez do produto e aí sacar o dinheiro? O dinheiro não é liberado assim que você recebe o pacote, leva 2 dias. Se for novato, o período é ainda maior: 21 dias. Isso te dá tempo suficiente de, caso receba cocô pelo correio, abrir uma reclamação contra o pilantra para retomar seu pagamento. Isto é característica do Mercado Pago, veja aqui.

Um dos potenciais sinais de golpe, portanto, é recusa em aceitar Mercado Pago. O anúncio não terá a opção, e o cara vai tentar se esquivar com desculpazinhas tipo "não gosto", "já tive problemas antes", e qual mais tiver criatividade pra inventar; vai querer receber de outra forma, como depósito, ou marcar um encontro pessoal, o que é ainda mais perigoso — JAMAIS MARQUE ENCONTRO COM ESTRANHOS LEVANDO DINHEIRO, seja onde for; você terá alguém sabendo exatamente onde encontrá-lo de bolso cheio.

Negociação por fora

Você mesmo pode criar armadilhas para cair. Exemplo: pergunta sobre um produto e o vendedor responde com dados pessoais. Para dificultar a identificação da falcatrua, ele "codifica" a mensagem, tipo "Vamos fazer o negócio, o preço total é 11 234567890" ou "O fabricante é Meuemail Emailcom". Até alguém denunciar, vocês já estão tratando por fora, dando pernada no site.

Bonito, né? Muita gente acha vantajoso porque de novo a velha malandragem brasileira ensina que é legal levar vantagem sempre e depois reclamar da corrupção; com a desculpa de que a comissão é alta, aceitam concluir o negócio direto com o vendedor. O Mercado Livre te ajudou, mas fodam-se eles, certo?

Se fizer isso, além de ser um canalha, você está abrindo mão de qualquer proteção que o site poderia te conceder, perdendo direitos. O ML sai de cena e vira um negócio obscuro, então nem adianta postar vídeo no YouTube dizendo que pagou e não recebeu, o endereço era falso, ou recebeu papel picado em vez do joystick novo. Você só vai fazer papel de patinho.

Outra forma de — supostamente — levar vantagem é não usar o Mercado Envios parar evitar taxas. Tenha o produto frete grátis ou não, a liberação dos recursos fica condicionada ao visto de entrega dos Correios; sem confirmação, sem crédito para o vendedor. Parte dos golpistas evita o ME, porque não verão grana antes que você tenha o produto em mãos — de novo, com no mínimo dois dias para bloquear caso receba lixo.

Não aceite qualquer forma de envio além do Mercado Envios. Se quiserem enviar pelos Correios, sem registrar no sistema do site, não tope. Se quiserem pagamento via PayPal, depósito, não concorde. Faça a coisa certa para ter algum direito.

Sucateiros

Outra armadilha possível é empurrar itens de péssima qualidade, o que você só descobre ao receber. Se um vendedor está disposto a te dar rasteira com produtos que não batem com a descrição, vai oferecer o mínimo de informações. A descrição será a mais tosca possível, ou nem vai existir.

descrição ruim Mercado Livre
Se a má-vontade foi tanta que nem pra descrever o item deu, imagina pra fechar negócio.

Nos comentários, não esclarecem dúvidas ou escapam com evasivas. Você pergunta: "O produto tem isso e aquilo?", e ele diz no máximo "Olá, produto conforme descrito", mas na descrição não tem exatamente o que você queria saber. Alguns vendedores são leigos e não sabem mesmo responder sua dúvida :lol:, mas é bom ficar esperto porque a diferença entre "não saber" e "fingir que não sabe" é difícil de discutir em tal situação.

Se notar esse tipo de resposta, pule fora — se quero te vender algo, meu dever é esclarecer para evitar dor de cabeça futura, desinformação e amolação para ambas as partes, como clientes reclamando ou cancelando vendas.

Vejo muitos anúncios de videogames antigos com a desculpa de que "não tem cabos", "não tem fonte", "não tenho cartuchos", pra alegar que "não sabe se está funcionando", até em perfis de lojistas e vendedores com vários aparelhos anunciados. O mais provável é que você vai receber um lixo, sucata, então fique pré-avisado.

Enganação Mercado Livre

A regra de ouro é...

Desconfie de todos. Se duvidou, não coloque seu dinheiro. Melhore sua conduta, perceba onde está sendo afoito e aprenda que até para gastar é preciso estudar.

Leve em consideração também que nem sempre o problema é com o ML ou o vendedor: até na entrega pode haver algo suspeito (note o rolo de fita "SEDEX" dentro da caixa onde deveria estar um Samsung Galaxy). Phishing é outro golpe com alto potencial de dando a qualquer site.

Com o dólar nas nuvens, Mercado Livre é uma boa opção para nós, já que compras no eBay têm fretes muito altos (isso nos lojistas que nos aceitam, graças aos reis do "jeitinho" que ferraram a reputação do país com inúmeros "golpes da devolução por atraso na entrega"). Só esbravejar sem mudar nosso comportamento não ajuda, então recicle-se.

Artigo anteriorIdeias e gambiarras de chave para abrir o Super Nintendo
Próximo artigoMulheres não gostam de games antigos?