Capcom revela bios de lutadores na abertura de Street Fighter II

2
592

Nos anos 90, dois lutadores jamais controlados marcaram lugar na história. Aparecendo na abertura do provável jogo mais popular do arcade na década, o "loiro" e o "negro" em Street Fighter II não estavam entre os selecionáveis, e nem estrelaram nenhuma outra produção da casa.

Especulou-se muita coisa. Alguns diziam que eram só caras genéricos, sem qualquer importância no universo da série. Outros, que seriam Joe e Mike, de Street Fighter I. Plausível, sim. Mas nunca houve confirmação, até onde consta.

No port doméstico para Genesis, o negro foi substituído — a Capcom foi acusada de racismo por mostrá-lo levando um soco — ao contrário da versão oriental, que manteve a sequência da luta e do edifício intacta. Os anos passaram, vieram novos Street Fighters e a intro passou a dar destaque a Ryu, Chun-li e outros jogáveis, mas a pergunta continuava: quem eram os sujeitos, afinal?

Quase 25 anos depois, a Capcom resolve trazer à tona (ou inventar) a informação. No portal CFN (Capcom Fighters Network) foram publicadas biografias de ambos na seção "Referência dos Personagens".

O loiro chama-se Scott, um ex-boxeador americano segurança de bar, agora envolvido em lutas de rua.

street fighter scott bio

O negro é Max, boxeador peso-pesado que gosta de luxo e brilho, e costuma ter problema com jogos de azar.

street fighter max bio

Como de costume, a Capcom publica informações estranhas na biografia além de estilo de luta e características físicas, como gostos pessoais e tipo sanguíneo (provavelmente por causa da teoria das personalidades por tipo sanguíneo). Curioso que Scott manteve-se praticamente o mesmo de Street Fighter II, enquanto Max ganhou uma cabeça raspada, camiseta e óculos escuros.

Segundo a publicação, eles podem ser futuras estrelas de Street Fighter V, o que explicaria o surgimento das bios tanto tempo depois. Seria no DLC planejado para logo? Vamos aguardar.

2 COMENTÁRIOS

  1. Hahahaha .... que interessante, curiosíssimo. Pensava também que fosse o Joe e o Mike do SF1, mas enfim ... legal saber que eles podem se tornar personagens jogáveis. Embora eu tenha parado no SF2 e SFA e pra mim isso não tem relevância alguma como jogador, quem sabe em um SF6 eu volte a jogar Street Fighter.

    Abraços Daniel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui