Nintendo anuncia Metroid Dread, side-scroller para Switch

A Nintendo aproveitou a E3 2021 para falar de vários projetos. Entre eles, chama a atenção o retorno de Metroid. E num retorno às raízes em visão lateral, com Metroid Dread.

Será o primeiro título 100% original da franquia em "quase 2D" desde Metroid Fusion, lançado para o GBA em 2002. É uma coprodução entre Nintendo e a desenvolvedora espanhola MercurySteam – que em 2017 produziu Metroid: Samus Returns para o 3DS.

Por que quase 2D? O jogo, que deve sair em 08/10, não é feito com sprites 2D. Os gráficos são em 3D, mas a visão é lateral. No trailer de anúncio dá pra sacar a clássica pegada Metroid. Aquela coisa futurista alienígena, com robôs, monstros biomecânicos, ênfase em suspense e lasers.

Será lançado um novo pack de amiibo com Samus em sua nova armadura e um inimigo chamado E.M.M.I., robozão implacável que persegue a heroína no vídeo.

A versão digital custará US$ 59,99, mas além da cópia física comum, haverá uma Special Edition. O pacote incluirá um game card, um case, cards com ilustrações em alta qualidade e um belo livro de arte com 190 páginas, cobrindo a fase 2D da série.

Quase novo

O designer e diretor da série, Yoshio Sakamotodisse após a transmissão que a Nintendo "finalmente sentiu confiança para buscar sua visão para Metroid Dread" após ver do que a Mercury Steam foi capaz em side-scrolling com tecnologias atuais. Em um vídeo sobre o desenvolvimento, explicou que Dread será um fim da narrativa sobre Samus e os Metroids:

A série tem contado a estranha relação entre estes Metroids e a heroína Samus, mas este jogo marcará o fim deste arco de história. Esperamos que os fãs da série se perguntem "O que significa 'acabar com o arco da história?" enquanto o jogam.

Metroid Dread não é um nome novo: esteve em desenvolvimento por anos para o Nintendo DS. A Nintendo oficialmente nunca confirmou, mas Sakamoto disse anos atrás que ele existiu e seria refeito do zero caso retomado. Não se sabe quanto – se for o caso – foi aproveitado.

Em 2007, informações davam conta de que Dread estava praticamente pronto. Uma mensagem em Metroid Prime 3: Corruption diz "Experiment status report update: Metroid project 'Dread' is nearing the final stages of completion". Contudo, o diretor de Corruption, Mark Pacini, negou relação entre os projetos, dizendo que a frase foi pura coincidência.

Daniel Lemes
Fundador do MB, quase mil artigos publicados em dez anos pesquisando e escrevendo sobre games. Ex-seguista, fã de Smashing Pumpkins e Yu Suzuki.

Deixe seu comentário

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui

Mais recentes

Mais lidas