Biografia Shinobu Toyoda

0
7
────────── Publicidade ──────────

Shinobu Toyoda (豊 田 信 夫) é um economista, executivo e produtor de games japonês, conhecido por seus anos de trabalho na Sega. Juntou-se a empresa em 1989, escolhido por Hayao Nakayama para ser o segundo no comando, logo abaixo de Tom Kalinske. Até o ano 2003, exerceu os cargos de vice-presidente executivo e diretor de operações, e depois trabalharia na Crytek e na Unity.

Infância e formação

Toyoda tem diploma de bacharel em Economia Internacional pela Universidade de Keio, em Minato, Tóquio.

Trabalho na Sega

Entre setembro de 1989 e setembro de 2003, Toyoda esteve nos cargos de vice-presidente executivo e diretor de operações da Sega of America, Inc., estando abaixo apenas do presidentes Kalinske, Bernard Stolar, Toshiro Kezuka e Peter Moore. Seu nome aparece como produtor ou gerente em diversos jogos, entre eles vários da série Sonic, a partir do primeiro.

Al Nielsen, Shinobu Toyoda e Tom Kalinske, por volta de 1993.

Depois seria estrategista-chefe, de abril de 2004 a março de 2008. Após quase um ano fora do mercado, trabalhou por dois anos como executivo da Crytek e a partir de 2011 se tornou diretor da Unity.

Toyoda foi um elo de ligação entre as divisões da Sega no Japão e Estados Unidos no auge do Mega Drive/Genesis. Fazia papel de intermediação com o escritório japonês quando Kalinske começou como CEO da Sega of America. Foi ele quem revelou à Nakayama a estratégia de marketing agressiva que planejavam contra a Nintendo — tendo recepção positiva. Também foi quem obteve o primeiro modelo de testes do Sega CD para os americanos, que até então não participavam do que estava sendo feito na sede.

Quando a Sega se apressou em encerrar a geração dos 16-bit em favor do Saturn – o que era considerado prematuro pelo time americano –, Toyoda foi um dos que tentaram demovê-los da decisão, sem sucesso.

Outros trabalhos

Toyoda foi citado em 2011 pelo então CEO (e um dos fundadores) da Unity, David Helgason, como importante peça no acordo da empresa com a Nintendo para trabalhos no Wii U. "Estávamos no Japão no ano passado com nosso pessoal de tecnologia muito famoso na indústria japonesa, como Shinobu Toyoda, que era o CEO americano da Sega. Ele é muito bem conectado. Por isso, lideramos o esforço por essa parceria – estávamos empolgados, assim como a Nintendo."

Vida pessoal

Toyoda mudou-se para os Estados Unidos para trabalhar na Mitsubishi, em Dallas, onde conheceu e se estabeleceria com sua futura esposa. Ele morava na cidade com a família mesmo durante os anos na Sega, pegando diariamente um voo até San Francisco, um trajeto superior a três horas.

Pessoas próximas o citam como um homem discreto, que usa roupas "elegantes" e ternos finos. "Quando se reuniram pela primeira vez, Kalinske rapidamente percebeu que por trás do comportamento reservado de Toyoda e de seu eterno sorriso fotogênico, havia um homem muito engenhoso e sagaz", descreveu o jornalista Blake J. Harris no livro "A Guerra dos Consoles".

Bibliografia

  • Linkedin - Shinobu Toyoda
  • Service Games - The Rise and Fall of Sega: Enhanced Edition (Sam Pettus, David Munoz, Kevin Williams, Ivan Barroso), Smashwords Edition, 2013, pg. 218, 345.
  • A guerra dos consoles (Blake J. Harris), Editora Intrinseca, 2015.
Editaram esse artigo: Daniel Lemes

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui