Manual

 

Esse post é uma amostras de formatações e padrões para seus artigos no Memória BIT. Mostra ainda como usar shortcodes (encurtadores) para inserir mídias e estilos diversos. Uma publicação padronizada fica mais interessante e intuitiva pro leitor.

Se não souber usar algo que vir aqui (acho difícil), entre em contato e atualizamos para explicar melhor.

É importante lembrar que não se deve abusar no uso de caixas, botões e outros elementos estéticos ou práticos. Se exagerados, atrapalharão, perdendo seus propósitos.

Como uso o editor do WordPress?

Não vou entrar nos detalhes de como usar o WordPress: é simples, quase como um editor de texto tipo Word. Basta saber que a guia Visual mostra suas edições em tempo real, enquanto o Texto mostra a marcação HTML (vulgo código). As ferramentas de estilização como negrito, itálico, cabeçalhos, etc, ficam na barra superior do editor.

Se você não entende nada de HTML, provavelmente nunca vai precisar sair do modo Texto.

Formatos básicos

Aquelas coisas que você já conhece dos Words da vida, como negrito, itálico, riscado, etc. Para ver todos os botões de formatação do editor, clique no botão indicado, o "Alternar barra de ferramentas".

mb-alternar-barra-ferramentas

Os cabeçalhos do tipo 2 devem ser colocados em subtítulos dentro do artigo, como visto abaixo:

Cabeçalho 2

São os maiorais que você deve usar. Acima deles, só o título da página que é cabeçalho 1 (é usado automaticamente quando necessário, então não formate seus cabeçalhos com H1 nunca). Podem ser feitos pela caixa acima da janela de edição do artigo, aquela escrito "Parágrafo". Note que ela só tem os cabeçalhos 2, 3 e 4 disponíveis.

Ou seja: não entre no modo texto para alterar o cabeçalho para 1. Cabeçalhos nível 1 só são usados no título da página.

Cabeçalho 3?

Use quando o subtítulo estiver aninhado dentro de um tema iniciado com cabeçalho 2. Por exemplo, ao abrir uma seção "Principal" que usou cabeçalho 2, numa subseção dela, "Sub-principal", use cabeçalho 3.

Cabeçalho 4

Pare por aqui. Evite outros cabeçalhos. Se precisar de mais subtítulos, use simplesmente negrito.

Outras formatações acessíveis pelas ferramentas do editor incluem:

  1. uma lista...
  2. ...de itens...
  3. ...numerados.
  4. selecione os parágrafos a aplicar lista e clique no botão "Lista numerada" do editor de texto.

Ou se preferir:

  • Listas...
  • ...de itens...
  • ...sem numeração.

Tem umas listas marotas adiante, continue lendo.

Evite! Como bom redator e blogueiro que você é, já deve saber, mas é sempre bom lembrar coisas desagradáveis a serem evitadas:

  • TEXTO EM MAIÚSCULAS, itálico ou negrito desnecessário. Colorido então, nem pensar.
  • Emoticons em excesso 🙁 Mas alguns são bem-vindos 😀
  • Textos muito longos sem quebra de parágrafo (vulgo tijolão ou bloco), uso de vírgula ou com exagero delas, etc. Qualquer coisa que torne o texto maçante e/ou desconfortável para ler. Tipo. Aqueles. Textos todo. Pontuados Que Você. Publica. No Facebook.

Evite muita mídia (imagens, vídeos) na mesma página; as pessoas têm preguiça de páginas longas e acabarão desistindo do seu texto. Se achar que o conteúdo alongou-se demais, divida o artigo em páginas acrescentando...

<--nextpage-->

...onde quiser dividi-lo. Isto pode ser feito clicando no botão "Quebra de Página" do editor, ou COM O MODO TEXTO ATIVO, digitar o indicado acima. Tudo que for colocado após essa marca vai para outra página, e elas serão numeradas no final.

mb-paginacao

Você também pode formatar citações com o botão Aspas. É só deixar o cursor em qualquer lugar no parágrafo e clicar no botão.

Sempre que houver no seu artigo um trecho que mereça atenção especial como uma fala de personagem, frase célebre, etc. Use com moderação. Autor Desconhecido

Para indicar o autor, só coloque o texto em negrito — o hífen antes do nome e a quebra de linha são automáticos. Se for uma citação curta que vai aparecer dentro de um parágrafo, prefira usar aspas e texto em itálico. Assim:

"Ruim não é ter de trabalhar; ter trabalho é que é ruim" - Sr. Madruga.

Tem ainda citações flutuantes, veja mais adiante (página 4).

Próxima página: shortcodes.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16