Biografia Marty Franz

0
2
IMPORTANTE
Este artigo foi marcado para revisão / expansão.

Marty Franz é um programador e ex-diretor técnico da Sega of America.

Franz foi quem descobriu que era possível enviar dados gráficos muito rapidamente ao conversor digital-analógico (DAC) e ao controlador de memória (DMA), usando um intervalo entre os ciclos. A técnica deu origem à criação da frase "Blast Processing", usada pela Sega na campanha local do Genesis.

Segundo Scot Bayles, então responsável pelo marketing da Sega:

Marty Franz descobriu que você poderia fazer esse truque bacana com o sistema de exibição pegando a interrupção da linha de varredura e disparando um DMA na hora certa. O resultado foi que você poderia efetivamente interceptar dados no chip gráfico enquanto a linha de varredura estava sendo desenhada — o que significava que você poderia dirigir o DAC com 8 bits por pixel. Supondo que pudesse obter o timing certo, poderia desenhar 256 imagens estáticas coloridas. Havia todos os tipos de sutilezas para o timing e o truque não funcionava de forma confiável em todas as iterações do hardware, mas você podia fazê-lo e era legal demais.

Então, durante a campanha de lançamento do Sega-CD, os caras das relações públicas me entrevistaram sobre o que tornava a plataforma interessante do ponto de vista técnico. Em algum lugar eu mencionei o fato de que você poderia "explodir [blast] dados nos DACs". Gostaram da palavra "blast" e a assim o "Blast Processing" nasceu.

Franz também trabalhou 1 na produção de unidades de desenvolvimento do Sega Saturn, bem como em firmwares de debug.

  1. Playing at the Next Level: A History of American Sega Games, pág. 247

Se não tiver conta no Memória BIT, será criada uma. Nada será publicado em seu perfil.
Se já tem conta no MBIT, faça login nela e vincule-a ao Facebook.

SEM COMENTÁRIOS

X
Todos os comentários passam por moderação antes de publicados. Se o seu for aprovado, vai aparecer em breve!

DEIXE UMA RESPOSTA