Streets of Rage (Mega Drive)

Primeiro da trilogia beat'em up do Mega Drive, ficou marcado especialmente pela inovadora trilha sonora de Yuzo Koshiro.

4
414

Streets of Rage (Bea Nakkuru: Ikari no Tekken, ou Bare Knuckle, no Japão) é um game do gênero beat ‘em up, produzido pelo Team Shinobi (divisão responsável por games como Skies of Arcadia, The Revenge of Shinobi, Sakura Wars e Phantasy Star) e lançado pela Sega em 1991 para o Mega Drive. É o primeiro do que se tornaria uma sequência completa por Streets of Rage 2 e Streets of Rage 3.

Foi um dos principais títulos do Mega Drive, entrando em compilações de clássicos da Sega tanto no 16-bit quanto em plataformas de gerações futuras. Sua principal marca é o som, com trilha sonora inspirada em dance music, que elevou o compositor Yuzo Koshiro ao status de “gênio” para grande parte da crítica e público.

Enredo

Durante a introdução, o enredo é apresentado em texto, mostrando ao fundo a cidade (não especificada) onde a ação do game se desenvolve:

Esta cidade já foi um lugar feliz, pacífico… até o dia em que uma poderosa organização criminosa secreta tomou conta de tudo. Este sindicato do mal logo passou a controlar o governo e até mesmo a polícia. A cidade tornou-se um centro de violência e crime, onde ninguém está seguro.

Em meio a essa turbulência, um grupo de determinados jovens policiais juraram limpar a cidade. Entre eles estão Adam Hunter, Axel Stone e Blaze Fielding. Eles vão arriscar tudo… até suas vidas… nas “Streets of Rage”!

Como a polícia está corrompida, o trio decide se afastar das atividades oficiais e partem para o combate por conta própria.

Jogabilidade

A base do combate é sem armas, usando os punhos, chutes e arremessos. Os três personagens selecionáveis fazem o conjunto clássico “um forte e lento, um rápido e frágil, um intermediário”. Adam é o mais forte, Axel é o intermediário, considerado um dos protagonistas da série, junto com Blaze, que tem melhores voadoras e saltos, mas é a mais frágil. A dupla Axel e Blaze forma o único conjunto controlável nos três games.

Inimigos aparecem vindos de ambos os lados, a pé, ocasionalmente usando armas como tacos, facas ou armas de fogo. Como em outros games do gênero, itens podem ser coletados, como as armas e também alimentos (carne e maçã) e dinheiro. São oito estágios, cada um representando um lugar da cidade, até chegar ao QG do sindicato do crime.

Stage 1 – City Street
Stage 2 – Inner City
Stage 3 – Beachfront
Stage 4 – Bridge
Stage 5 – Aboard Ship
Stage 6 – Factory
Stage 7 – Freight Elevator
Stage 8 – Syndicate Headquarters

Os controles são formados por um botão de ataque (socos e chutes), um de salto e um especial, que serve para chamar reforço: um policial não-identificado vem de carro, usando uma arma de grande poder para limpar a tela em situações de aperto.

Ao contrário de versões posteriores, os inimigos – com exceção de chefes de fase – não têm barra de energia. Os chefes se repetem nas fases avançadas e no último estágio, todos reaparecem, além do chefe final, Mr. X, o misterioso cabeça do sindicato.

Spoiler
Streets of Rage tem duas possibilidades de final. Uma é jogando no modo single player, quando enfrenta-se Mr. X no final; ao batê-lo, o sindicato é vencido. Há também o bad end, alcançável só jogando em dupla, quando Mr. X oferece aos jogadores a chance de entrar para o sindicato em vez de derrotá-lo.

Se um dos jogadores aceitar e outro não, eles se enfrentam e caso o que disse Sim vença, segue o final ruim. Se ambos disserem Sim, são mandados de volta à fase anterior.

Características

Trilha sonora

A trilha do compositor Yuzo Koshiro foi aclamada e considerada uma das melhores já feitas para games. Usando um já ultrapassado PC88 com software próprio, Koshiro foi influenciado por música eletrônica, dance e hip hop. Segundo o próprio, seu ideal era reproduzir os timbres e percussão de drum machines Roland.

As influências vieram de artistas como Black Box, Soul II Soul, Caron Wheeler, Enigma e Maxi Priest. Segundo Koshiro (nas notas lineares do CD com a trilha), a faixa de abertura foi particularmente inspirada pelo “ritmo dançante” que caracteriza breakbeats, especialmente as batidas de “Keep On Movin”, do Black Box, e “Sadeness Part I”, de Enigma.

Foi a primeira vez que estilos como R&B, rap e dance foram usados como base para game tracks, ao menos com sucesso. O CD com a trilha foi lançado no mercado japonês pela Alfa Records, em 21/09/1991, sendo hoje item de bastante valor para colecionadores.

Recepção e legado

Streets of Rage teve versões para Game Gear, Master System e Sega-CD. Em 2007, foi lançado para o Virtual Console (Wii) nos EUA e Europa, e em 2009 para o iOS via App Store. Foi ainda disponibilizado como parte da coletânea Sonic’s Ultimate Genesis Collection para os consoles XBox 360 e PlayStation 3. Em 2011, foi lançado para Steam na coleção Mega Drive Classics Pack 4.

Como um dos carros-chefe do Mega Drive, fez parte de coleções como Mega Games II (junto com Golden Axe e The Revenge of Shinobi), Sega Classics Arcade Collection (para Sega-CD, com Super Monaco GP e Columns), Sega Genesis 6-PAK, entre outras.

Sucesso desde o lançamento, SoR recebeu notas favoráveis na maioria das revistas da época e em sites de retrogames. A revista MegaTech deu nota 92%, destacando “excelentes sprites, cenários e músicas brilhantes. A revista Mega colocou Streets of Rage na sexta posição entre os Maiores Jogos do Mega Drive em Todos os Tempos.

Outras notas revistas e sites: Joypad 95 / 100, Computer and Video Games 93 / 100, Consoles Plus 91 / 100, The Video Game Critic – A-, 1UP! 91 / 100, Gamespot 6.7 / 10 (Wii), AllGame 7/10, Metacritic 84/100 (XBox 360).

Personagens

Axel Stone

É o personagem equilibrado, especialista em artes marciais. Considerado um dos protagonistas da série, junto com Blaze.

Blaze Fielding

Tem melhores voadoras e saltos, mas é a mais frágil. Especialista em judô.

Adam Hunter

É o mais forte, e faz nesse game sua única aparição jogável na série para Mega Drive (seria selecionável mais tarde no não-oficial Streets of Rage Remake). Sua especialidade é o boxe.

Mr. X

Principal antagonista de Streets of Rage, é o líder do sindicato criminoso que tomou conta da cidade.

Trilha sonora

Faixa Autor
The Street of RageYuzo Koshiro
Player SelectYuzo Koshiro
Fighting in the StreetYuzo Koshiro
Attack of the BarbarianYuzo Koshiro
Round ClearYuzo Koshiro
Dilapidated TownYuzo Koshiro
Moon BeachYuzo Koshiro
Keep the Groovin'Yuzo Koshiro
Beatnik on the ShipYuzo Koshiro
Stealthy StepsYuzo Koshiro
Violent BreathingYuzo Koshiro
The Last SoulYuzo Koshiro
Big BossYuzo Koshiro
My Little Baby (Good Ending)Yuzo Koshiro
You Became the Bad Guy!Yuzo Koshiro
Up & UpYuzo Koshiro
The Super ThreeYuzo Koshiro
Name EntryYuzo Koshiro
Game OverYuzo Koshiro
The Street of Rage (Arrange version)Yuzo Koshiro
Fighting in the Street (Arrange version)Yuzo Koshiro
The Last Soul (Arrange version)Yuzo Koshiro
Keep the Groovin' (Arrange version)Yuzo Koshiro
You Became the Bad Guy! (Arrange version)-
Yuzo Koshiro
Segundo o disco da trilha sonora. As versões remixadas não fazem parte do game.

Dicas

  • Dicas

Seleção de fases e mais vidas

Enquanto segura A + B + C + ⬅️ no segundo controle, entre nas opções com o controle 1 para ter acesso a opções extras, incluindo seleção de fases e começar com 9 vidas.

Galerias

Quem editou este artigo: Daniel Lemes
Se não tiver conta no Memória BIT, será criada uma. Nada será publicado em seu perfil.
Se já tem conta no MBIT, faça login nela e vincule-a ao Facebook.

4 COMENTÁRIOS

X
Todos os comentários passam por moderação antes de publicados. Se o seu for aprovado, vai aparecer em breve!

DEIXE UMA RESPOSTA