Home Dicionário dos Games

Dicionário dos Games

(em construção)

A

Action - gênero dos jogos de ação.

Action-adventure - diz-se do gênero de games com foco em ação, com elementos de aventura e às vezes estratégia. Eles mesclam elementos do action games (geralmente baseados na jogabilidade de ação) com os adventures (focados na resolução de problemas e descobertas, com pouca ou nenhuma ação).

Adventure - gênero dos jogos que tem foco na resolução de problemas, descobertas, etc, que fazem o jogador mais pensar do que testar reflexos. Exemplos clássicos são Myst, D, The Dig e Full Throttle.

Atari - empresa fundada em 1972, produtora de consoles como o Atari 2600 e o Jaguar. Atari é o nome de um movimento do jogo Go, um jogo de tabuleiro de origem chinesa.

AVS - usado no Neo-Geo para indicar o Advanced Entertainment System, a versão console do sistema 16-bit da SNK.

B

Beat 'em up - diz-se do gênero dos jogos em que um ou mais personagens percorrem cenários (geralmente em scroll lateral, com variações ocasionais) lutando contra inúmeros inimigos, quase sempre com as próprias mãos e ocasionalmente com armas. Exemplos clássicos são Final Fight, Double Dragon e Streets of Rage.

C

Capcom - empresa japonesa de games fundada em 1983. O nome vem de Japan Capsule Computers, uma das subsidiárias originais que se fundiu com a I.R.M Corporation para virar a Capcom.

Cheat - truque, trapaça, ativável nos games de variadas formas, como cartuchos especiais, códigos, etc.

D

Double layer - diz-se dos discos de dupla camada, como double-layer DVD (DVD-9), lido a partir do PlayStation 2, entre outros.

E

Engine - de game engine, ou motor de jogo, é o software ou conjunto de softwares usado para criar um jogo. Exemplos de engines: Unity, SCUMM, Unreal Engine, RPG Maker, GameMaker, etc.

F

FMV ou full-motion video - estilo de game baseado em vídeos pré-gravados em vez de animações em tempo real, algo como filmes interativos. Teve seu auge nos anos 90 em consoles como Sega CD e 3DO, com aparições anteriores no arcade. Exemplos: Dragon's Lair, Night Trap e Mad Dog McCree.

Fighting - ou fighting game, estilo de jogo de luta, normalmente entre dois personagens.

FPS (first person shooter) - tiro em primeira pessoa, gênero em que o jogador controla um personagem através da visão em primeira pessoa (como se a câmera fossem os olhos do personagem), usando armas e atirando contra inimigos. Os estilos podem ser variados, como guerra, alienígenas e infantis. Exemplos: Doom, Battlefield e Far Cry.

FPS (frames per second) - quadros por segundo, contagem de quantos quadros de animação um jogo renderiza por segundo. Numa animação a 60 FPS, por exemplo, 60 imagens são criadas em sequência a cada segundo. Para iludir a visão humana de forma minimamente convincente, é considerado o padrão de 24 fps.

G

 

H

Hack 'n' slash - gênero em que um ou mais personagens enfrentam múltiplos inimigos com foco no uso de armas brancas, geralmente espadas, machados e facas. Alguns tem como base a jogabilidade dos beat 'em up, outros fortes elementos de RPG e aventura. Exemplos típicos são God of War, Golden Axe e Diablo.

I

 

J

JAMMA - sigla de Japan Amusement Machinery Manufacturers Association, empresa produtora de arcades cujo formato padrão de conexão foi adotado por máquinas com tal configuração a partir de 1985.

jRPG - diz-se dos RPGs de estilo japonês.

K

 

L

 

M

MVS - usado no Neo-Geo para indicar o Multi-Video System, a versão arcade do sistema 16-bit da SNK.

MMO - Massive multiplayer online, jogos com multiplayer online que podem suportar centenas ou até milhares de jogadores. O subgênero mais famoso são o MMORPGs, mas qualquer gênero com vasto multiplayer online pode ser chamado de MMO.

N

 

O

Oitava geração - a oitava geração de consoles começou em 2012 com o lançamento do Wii U, e ficou marcado pelos avanços em realidade virtual, a integração com dispositivos portáteis (Switch) e a massificação dos jogos em celulares. Exemplos de consoles da oitava geração: Wii U, PlayStation 4, Xbox One, Switch.

P

Primeira geração - a primeira geração de consoles, que começou em 1972 com o lançamento do Odyssey. Essa geração foi sucedida pela iniciada em 1976 com o lançamento do Fairchild Channel F. Exemplos de consoles da primeira geração: Odyssey, Pong, Telstar, Color TV Game.

Q

Quarta geração - a quarta geração de consoles começou em 1987 com o lançamento do PC Engine no Japão, e teve predomínio de máquinas com processadores 16-bit e conversões de arcade. Exemplos de consoles da quarta geração: Mega Drive, Super Nintendo, Neo-Geo.

Quinta geração - a quinta geração de consoles começou em novembro de 1994 com o lançamento do Sega Saturn, e do Sony PlayStation no mês seguinte. Teve predomínio de máquinas de 32-bit e a ascensão dos gráficos 3D, tornando jogos 2D obsoletos. Exemplos de consoles da quinta geração: Saturn, PlayStation, Nintendo 64, Atari Jaguar, 3DO.

R

RPG - role playing game, diz-se do jogo de "longa duração", em que o jogador desenvolve um ou mais personagens. Como não existe a representação por parte do jogador, como nos RPGs de mesa, há quem considere esse gênero como erroneamente atribuído; eles seria no máximo jogos de aventura com elementos de RPG.

Run 'n' gun - ou run and gun, estilo de jogo em que a ação é baseada em avançar (geralmente em scroll lateral) atirando em grande quantidade de inimigos.

S

Scroll ou scrolling - diz-se do movimento da tela durante o jogo. Pode ser lateral (side scrolling), vertical ou multi-scrolling.

SEGA - de "Service Games", empresa japonesa fundada em 1940 como "Standard Games", depois "Service Games", e por fim Sega. Criou consoles como Mega Drive, Master System e Dreamcast, as franquias Sonic, Nights e Yakuza, entre outras.

Segunda geração - a segunda geração de consoles começou em 1976 com o lançamento do Fairchild Channel F, e ficou marcada por máquinas de arquitetura simples e os primeiros usando cartuchos. Exemplos de consoles da segunda geração: Atari 2600, Mattel Intellivision, Magnavox Odyssey², Fairchild Channel F, Atari 5200.

Sétima geração - a sétima geração de consoles começou em 2005 com o lançamento do Xbox 360, e foi marcada por controles interativos e o lançamento do Wii, console mais vendido da história. Exemplo de consoles da sétima geração: Xbox 360, PlayStation 3, Wii.

Sexta geração - a sexta geração de consoles começou em 1999 com o lançamento do Dreamcast, e foi marcada por aparelhos conectados à internet, o uso de DVD e a saída da Sega do setor. Exemplos de consoles da sexta geração: Dreamcast, PlayStation 2, Xbox, Gamecube.

SNK - Shin Nihon Kikaku, empresa japonesa fundada em 1978.

SVP - Sega Virtua Processor, chip matemático produzido pela Sega em parceria com a Sanyo que adicionava capacidade poligonais ao Mega Drive, e foi usado apenas em Virtua Racing.

SFX ou Super FX - chip matemático produzido pela Argonaut Software em parceria com a Nintendo, que adicionava capacidades poligonais ao Super Nintendo. Foi usado em games como Star Fox, Stunt Race e Vortex.

T

Terceira geração - a terceira geração de consoles começou em 1985 com o lançamento do Famicom, e teve predomínio de máquinas com processadores 8-bit. Exemplos de consoles da terceira geração: NES, Master System, SG-1000, Atari 7800.

U

 

V

 

X

 

W

 

Y

 

Z

 

Escreva no Memória Bit

Reload