Asterix (Master System)

87
IMPORTANTE
Este artigo foi marcado para revisão / expansão.

Asterix (ou Astérix) é um jogo de plataforma produzido e lançado pela Sega para o Master System, em 1991. Mstra as aventuras de Asterix e Obelix tentando resgatar o ancião da vila, sob poder dos eternos inimigos, os romanos.

Enredo

Descrição da versão brasileira:

Estamos na Idade Antiga, no ano 50 a.C. Toda a Gália foi ocupada pelos romanos... Toda? Não!! Uma aldeia povoada por irredutíveis gauleses, entre eles Asterix e Obelix, ainda resiste ao invasor. 

De onde será que eles tiram toda essa força? O segredo está numa poção mágica, descoberta pelo venerável Druida Panoramix, que deixa os valentes gauleses simplesmente invencíveis!

Mas agora todos correm um grande perigo. César sequestrou Panoramix! Sem ele, a vila será invadida e se tomará apenas mais uma insignificante parte do Império Romano.
Abracurcix, o chefe da tribo, mandou Asterix e Obelix encontrarem Panoramix e trazê-lo de volta, custe o que custar! O que você está esperando? Mergulhe na poção mágica e ajude nossos heróis a salvar a vila!

Desenvolvimento

O jogo foi produzido pela Sega, com vários membros da equipe que desenvolveu games como Castle of Illusion. O resultado é que alguns elementos são parecidos, especialmente menus e informações na tela. O programador foi o mesmo (Taku Shoji), assim como vários outros integrantes (Tomouzou Endo, Yoshio Yoshida, Choko Kawaguchi, etc).

Jogabilidade

Asterix é um jogo de plataforma em sidescrolling, com elementos de games como Super Mario Bros. e Castlevania (como no uso de poções). Os personagens têm diferentes habilidades, sendo Asterix capaz de entrar em lugares apertados, e Obelix de quebrar grandes paredes sem precisar de poções. O uso de um ou outro altera não só o jeito de jogar, mas o próprio design das fases. Pode se escolher qual personagem usar no início de cada fase.

A dupla age ao mesmo tempo e se divide, seguindo rotas diferentes. Só os trechos finais, em Roma, são idênticos para ambos os personagens. Os níveis são relativamente curtos, mas têm muitas passagens secretas e itens para explorar, como subterrâneos e paredes falsas. Asterix precisa da poção mágica ou itens de especialidades para quebrar paredes.

Há poços ao longo do jogo, que dão acesso a lugares subterrâneos, numa referência que parece ser aos canos de Super Mario. As fases têm cenários como florestas, cavernas de gelo, de fogo e labirintos, até por dentro dos esgotos de Roma. Na maioria dos níveis, o objetivo principal é encontrar uma chave que destrava a porta para o chefe da fase. Os chefes podem mudar dependendo do personagem.

Ao fim de cada fase, ganha-se um nível de bônus em que Ideifix deve pular em bolhas para obter pontos. O último nível também oferece uma pausa na jogabilidade em plataforma para uma corrida de bigas.

A música foi composta por Takayuki Nakamura. O jogo foi lançado só na Europa e no Brasil.

Recepção

As revisões foram geralmente positivas desde o lançamento de Asterix. A britânica Sega Force edição 18, em junho de 1993, deu uma nota 91/100, destacando a qualidade gráfica e os bons controles. A Mean Machines, em fevereiro de 1992, deu nota 81/100, dizendo que Asterix era "outro exemplo de excelente game de plataforma no Master System", notando, porém, que o desafio não seria o ideal para jogadores experientes.

Personagens

Créditos

Expandir
Nome Função