Sapo Xulé: S.O.S Lagoa Poluída (Master System)

Atualização: Daniel Lemes
0
3
Nota do revisor
Artigo marcado para expansão.

Sapo Xulé: S.O.S. Lagoa Poluída é um jogo do gênero shoot 'em up, produzido pela Tectoy a partir de Astro Warrior, da Sega. Foi lançado no Brasil em 1995, e em 1996 em Portugal.  O Sapo Xulé enfrenta os planos de um cientista que quer construir fábricas, poluindo o ambiente.

O jogo manteve-se virtualmente idêntico a Astro Warrior, exceto pela tela-título, alguns sprites e um novo enredo. Astro Warrior já havia sido lançado no Brasil, fazendo deste, em termos práticos, um relançamento. Portugal não teve Astro Warrior antes, exceto no cartucho compilação, junto com Hang-On.

Enredo

Segundo o manual brasileiro:

Três gananciosos cientistas uniram-se num projeto ambicioso: construir um complexo secreto de usinas submarinas processadoras de lixo que poderiam gerar energia barata, porém, com grande prejuízo para a natureza. Resolveram instalar as usinas no brejo e, a bordo de três submarinos ultramodemos, colocaram o projeto em andamento.

Agora, só existe uma esperança: você, o Sapo Xulé, o invencível guerreiro da lagoa! A bordo de sua nave submarina você tem uma audaciosa missão – atravessar uma tripla área de defesa, liquidar os adversários e apoderar-se da nave-mãe inimiga.

Até que possa enviar a esperada mensagem "Missão Cumprida" aos habitantes da lagoa, você precisará enfrentar naves submarinas poderosas comandadas pelos cientistas, além de toda a sujeira usada para te atacar, portanto, muito cuidado e... boa sorte!

Segundo o cartucho português:

A ganância de obter energia mais barata, levou três cientistas a construir um complexo de fábricas submarinas processadoras de lixo. Tudo se passa no maior segredo, pois a natureza vai acabar prejudicada. A bordo de três submarinos ultra-modernos, os cientistas decidiram colocar o projecto em andamento.

Num curto espaço de tempo, o fundo da lagoa estava repleto de lixo, com pneus, garrafas, latas e uma imensidão de detritos que eram utilizados como matéria-prima pelas fábricas. A vida dos animais da zona começou a ficar seriamente ameaçada!
Os animais, já desesperados com a situação, foram pedir conselho ao velho e sábio Cágado Adão, que rapidamente encontrou a solução para limpar o fundo da lagoa de toda a poluição, destruir as fábricas e ainda expulsar os invasores: construiu uma poderosa nave submarina munida com uma metralhadora laser e duas armas com grande poder de fogo, que funcionavam sincronizadas com o movimento da nave.

O Sapo Xulé foi o escolhido para cumprir a missão, pilotando o submarino especial, partiu rumo ao fundo da lagoa onde se encontravam as fábricas. Através dos seus potentes radares, os cientistas detectaram o perigo e rapidamente se refugiaram nos seus poderosos submarinos. 

Com o lixo existente eles conseguiram construir terríveis armas para enfrentarem o Sapo Xulé. Com o seu engenho, eles construíram garrafas-torpedo, pneus-bomba, naves-parafuso, cascas de banana giratórias e muitas outras engenhoquices letais, que comandadas à distância iriam proteger as fábricas, os seus submarinos e ainda destruir o Sapo Xulé.

Numa guerra submarina com forças tão equilibradas, a vitória só poderá pertencer ao mais inteligente e hábil dos guerreiros.

Desenvolvimento

As alterações se resumem ao visual. Além de sprites, houve alteração na paleta de cores. O fundo negro espacial foi colorido de verde, para simular o fundo de uma lagoa. A nave foi substituída pelo sapo, assim como alguns itens.

Em Portugal, o cartucho foi lançado sem qualquer menção à Tectoy, assinado apenas pela Sega.

Recepção

Se não tiver conta no Memória BIT, será criada uma. Nada será publicado em seu perfil.
Se já tem conta no MBIT, faça login nela e vincule-a ao Facebook.

SEM COMENTÁRIOS

X
Todos os comentários passam por moderação antes de publicados. Se o seu for aprovado, vai aparecer em breve!

DEIXE UM COMENTÁRIO