Punch-Out!! (NES)

Punch-Out!! marcou época no NES com (ou sem, dependendo da versão) o lendário Mike Tyson como chefe final, e um incomum estilo cômico.

204

Punch-Out!!, originalmente lançado na América como Mike Tyson's Punch-Out!!, é um jogo de boxe para o Nintendo Entertainment System (NES), de 1987. Desenvolvido pela própria Nintendo, é um port baseado nas versões Punch-Out!! e Super Punch-Out!! para arcade, especialmente no segundo, com variações.

O design ficou no comando de Genyo Takeda, que produziu também os originais. Como o NES — comum aos consoles da época — não se equiparava ao hardware do arcade, Takeda e equipe sabiam ser impossível convertê-lo no mesmo nível de qualidade. Optaram, então, em vez do tradicional lutador transparente (em wireframe), que o jogador fosse muito menor que o adversário, permitindo a visão de ambos. Outras variações são a introdução de enredo, música de fundo durante as lutas, cutscenes animadas e um sistema de passwords.

Pouco antes do lançamento da versão Gold, o fundador-presidente da Nintendo of America, Minoru Arakawa, assistiu Mike Tyson¹ no auge. Impressionado com a velocidade e técnica da jovem estrela, resolveu retratá-lo no game. Tyson teria recebido cerca de 50 mil dólares por três anos de contrato pelo uso de sua imagem.

¹ Tyson foi o mais jovem campeão de pesos-pesados do WBC, WBA e IBF, e o primeiro a unir os cinturões. Invicto nas primeiras 19 lutas, ficou conhecido pelo estilo implacável, um soco poderoso, ferocidade e nocautes avassaladores nos primeiros rounds.

O valor é considerado uma ninharia, já que pouco depois do contrato, Tyson alcançaria o ápice com o título mundial dos pesos-pesados pela WBC, ao bater Trevor Berbick, em 22/11/1986. Após o término do contrato, em 1990, a Nintendo o substituiu das versões seguintes por Mr. Dream, usando praticamente o mesmo sprite.

Jogabilidade

punchout-player-vs-hippoPunch-Out!! apresenta o boxeador Little Mac, fazendo, com apoio do treinador, seu caminho dentro da World Video Boxing Association. Começando na liga inferior, ele encara uma série de adversários, visando a "luta dos sonhos" contra um pugilista de altíssimo nível: Mike Tyson, o campeão dos pesados, ou o fictício Mr. Dream na versão posterior.

Little Mac tem um repertório pequeno em comparação à maioria dos oponentes. Seus golpes são limitados a jabs, diretos e um poderoso uppercut, utilizável só uma vez quando o jogador ganha uma estrela, normalmente após um contra-ataque. O jogador pode adquirir até três estrelas. Para se defender, Mac pode se esquivar ou ficar em guarda.

Little Mac também tem um contador de coração, que diminui ao ser atingido, bloqueando um soco, ou ao dar um soco do qual o adversário se esquiva ou defende. Quando o contador chega a zero, Little Mac muda de cor e parece exausto, deixando o jogador incapaz de atacar, mas ainda capaz de se esquivar, desviar e defender. Neste ponto, Mac pode recuperar alguns corações (e sua paleta de cores normal) evitando golpes do oponente. Ele imediatamente perde todos os seus corações ao ser derrubado.

A luta termina em:

  • Nocaute (KO), se o lutador não se levantar em até dez segundos após ser derrubado.
  • Nocaute técnico (TKO), se o lutador é derrubado três vezes no round.
  • Decisão, se a luta tiver três rounds sem vencedor.

Para vencer por decisão, o jogador deve acumular pontos acertando ou derrubando o adversário; o placar necessário varia. Alguns combates não podem ser vencidos dessa forma, resultando em derrota se o adversário não for nocauteado.

Quando Mac perde a primeira luta para um rival ranqueado, terá uma chance de revanche. Se perder disputa de título, cairá no ranking: um lugar nos circuitos Minor ou Major, dois lugares no Circuito Mundial. Perder a revanche faz com que ele caia 1 posto (a menos que já está em último), forçando-o a lutar de novo todo o caminho até a disputa do título. A terceira derrota, não necessariamente consecutiva, ou derrota na luta dos sonhos, resulta em game over.

Personagens

punchout-key-screenLittle Mac enfrenta até 14 oponentes, sendo 3 no circuito Minor, 4 no Major, seis no World Circuit — sendo 3 já enfrentados antes, com novos movimentos — e finalmente Tyson / Mr. Dream. Vários sprites de oponentes são repetidos, como os de Tyson e Mr. Dream (repetidos em Piston Honda), alterando só paleta de cor, rosto e movimentos especiais. King Hippo é o único que não compartilha sprites com outros personagens. Mario faz participação especial como juiz.

Antes do contrato com Tyson, foi lançado no Japão um cartucho dourado de Famicom simplesmente chamado Punch-Out!!, em setembro de 1987. O último lutador nele é Super Macho Man, o mesmo do arcade Super Punch-Out!! Quando a versão com Tyson passou a vender bem na América, a Nintendo distribuiu o jogo com o boxeador também no Japão.

Após o fim do contrato com Tyson, a Nintendo preferiu não renovar (muito por sua derrota para James "Buster" Douglas, recém-contratado pela Sega), trocando-o pelo Mr. Dream. Assim o game foi relançado como Punch-Out!! em edição limitada na América, em agosto de 1990, e na Europa em 1991. Punch-Out!! Featuring Mr. Dream chegou ao Virtual Console do Wii em 2007, e também do 3DS entre 2012 e 2013.

Legado e recepção

Punch-Out!! foi bem aceito por público (vendeu mais de 2 milhões de cópias) e crítica. É frequente em listas de melhores jogos do NES, como nos rankings do GameSpot (6º), GamesRadar (11º) e Nintendo Power (17º e 6º em diferentes ocasiões). É lembrado como um dos poucos jogos de qualidade no gênero boxe, e talvez por ser o mais carismático, com muitos toques de humor.

Little Mac ganhou destaque em várias mídias. Na série Nintendo Comics System, da Valiant Comics, saíram três histórias com ele, Doc Louis e lutadores da versão NES. Aparece também na intro de Captain N: The Game Master, animação promocional encomendada pela Nintendo. O protagonista Kevin Keene (em live action) é visto jogando Punch-Out!! quando se abre um portal pela TV, transportando-o com seu cão para a "videoland" — Mac não está na trama, mas King Hippo é um dos vilões. Aparece ainda em Super Smash Bros. Brawl e Captain Rainbow, e é personagem jogável em Super Smash Bros. para 3DS e Wii U.

Apesar de estrelar um dos comerciais da época, Tyson jamais havia jogado Punch-Out!! até 2013, quando um vídeo da Fox Sports o mostrou tendo problemas com Glass Joe, o mais fraco dos oponentes. Isso motivou piadas com o cartel de Joe, de 99 derrotas e 1 vitória. Tyson voltou a jogar no programa de TV americano Tonight Show em 2014: desafiado pelo apresentador Jimmy Fallon a vencer sua contraparte digital, o Tyson real perdeu no primeiro round por TKO.

A Beam Software, sob supervisão da Nintendo, começou a desenvolver uma sequência com a participação de Tyson e também do manager Don King. Seria chamado Mike Tyson’s Intergalactic Power Punch, com o lutador num torneio contra alienígenas. Mas a produção teve problemas em seguir após a acusação contra Tyson pelo estupro da modelo Desiree Washington, em 1991.

A Nintendo exigiu e a Beam promoveu alterações, trocando ambos por personagens fictícios; pouco alterando no sprite de Tyson, é perceptível a semelhança. Mas a Nintendo não gostou da qualidade final, se recusando a publicá-lo, o que foi feito pela ASC Games, lançado como Power Punch II (apesar de nunca ter existido um Power Punch inicial).

Conteúdo
  1. Personagens

Personagens

Quem editou este artigo: Daniel Lemes