Michael Jackson’s Moonwalker (Mega Drive)

Jogo do Mega Drive com o Rei do Pop foi um dos primeiros sucessos do console.

0
250
────────── Publicidade ──────────

Michael Jackson’s Moonwalker é um jogo de ação e plataforma produzido pela Sega em 1990 para o Mega Drive. Foi baseado no filme Moonwalker, seguindo o mesmo enredo básico, em que o cantor deve resgatar crianças sequestradas pelo vilão Mr. Big. Ao longo do jogo, várias músicas de Jackson servem como trilha sonora das fases.

Apesar do título, o jogo difere bastante da versão para arcade, lançada meses antes e também da Sega — um jogo com mais elementos de beat ‘em up em estilo isométrico.

História e desenvolvimento

Segundo Stefano Arnhold, ex-presidente da Tectoy, a parceria de Michael Jackson com a Sega teria partido dele depois de ser esnobado pela Nintendo. “Ele bateu na porta da Sega um belo dia furioso com a Nintendo, porque não sei que diabo de projeto ele tinha apresentado lá e a Nintendo, né…”, disse fazendo gesto de empinar o nariz. “E ele meio que implorou à Sega para fazer porque queria dar o troco na Nintendo. E a Sega, obviamente, de braços abertos fez tudo: fez arcades, fez tudo que você puder imaginar.”

Apesar do jogo ter fases com elementos de um cemitério e zumbis, a faixa Thriller não toca, substituída por Another Part of Me. Apenas as primeiras revisões do game (REV00 e REV01 do cartucho japonês) têm um trecho curto da música — acredita-se que foram removidas por questão de direito autoral (Thriller tem co-autoria de Rod Temperton).

Em 2017, um protótipo de Moonwalker foi descoberto por um colecionador numa feira de garagem por US$20; ela incluía Thriller, que toca na fase do cemitério. O protótipo também tinha outro chefe final.

moonwalker protótipo
Protótipo de Moonwalker descoberto por colecionador toca Thriller – removida da versão que chegou ao mercado.

Os jogos produzidos pela Sega para arcade e consoles não têm qualquer relação com o publicado pela US Gold para computadores.

Jogabilidade

Ao contrário do arcade em visual isométrico, a versão para Mega Drive foi toda feita como um side-scroller 2D em plataformas. A jogabilidade é focada em encontrar crianças — que lembram a Katie do filme — que estão escondidas em cada fase. Elas podem estar atrás de portas fechadas ou objetos, mas a maioria revela apenas inimigos.

moonwalker mega drive
A dança tem efeito similar ao da magia de outros jogos, como Golden Axe ou Shinobi: limpa a tela de inimigos. O custo é um pouco da barra de energia.

Jackson pode usar ataques parado (socos e chutes com uma magia), pulando (soco) e realizar o passo moonwalk, que também serve para revelar passagens no chão. Todos remetem aos tradicionais passos e movimentos de dança de Jackson, como a mão esticada para o alto, o chute e o giro no próprio eixo. O chimpanzé Bubbles aparece quando todas as crianças da fase são localizadas, indicando a direção do chefe da fase.

Se mantiver o botão A pressionado por algum tempo, Jackson joga o chapéu, o que serve para atingir múltiplos inimigos. Se continuar segurando o botão, enfim ele vai começar a realizar uma coreografia — todos os inimigos na tela se juntam a ele, sendo automaticamente derrotados no final da dança. Há cinco fases que se subdividem em atos (como na franquia Mario, da Nintendo), com o último tendo uma aparição do vilão Mr. Big e capangas.

Um item especial faz Jackson se transformar um robô, com efeito temporário. Um dos estágios finais muda a jogabilidade para um tipo de rail shooter, em que Jackson assume a forma de robô.

────────── Publicidade ──────────

Recepção e legado

Reviews da época do lançamento foram razoavelmente positivos. Em setembro de 1990, a revista EGM deu nota 7/10 ao jogo, dizendo que os gráficos são bons mas a ação repetitiva. A britânica Mean Machines publicou review em janeiro de 1991, dizendo que Moonwalker tem aspectos cômicos como as cutscenes em que o cantor diz “Who’s Bad?“, e as cenas de dança que pegam até animais. A nota foi 9/10, com recomendação especial para fãs do artista.

O site Gamespot incluiu Moonwalker no “Hall dos Maiores Games da História” em 2004, afirmando que “parte do que faz Moonwalker tão incrível é o quanto ele capturou bem a essência de Michael Jackson o Pop Star”.

Reviews em retrospectiva tem sido menos positivos. Em edição de junho de 2007, a revista Game Informer colocou Moonwalker na posição 8 entre as “Top 10 Piores Ideias para Games Licenciados da História”. Em review de 2008, o IGN chamou o jogo de “banal”, com fases “monótonas”, e que foi “produzido com preguiça”, citando a repetição de inimigos que usam a técnica de alterar as cores para simular variação. A nota foi 4.5/10 com o conceito “Ruim”. No site Sega-16, o revisor Janus fez diversas críticas negativas, dizendo que a tentativa de reduzir o arcade ao hardware inferior do Mega Drive deixou “um gosto amargo na boca” num jogo “horrivelmente repetitivo”. A nota foi 4/10.

Relançamentos e legado

Moonwalker não aparece entre os jogos mais vendidos do Mega Drive, mas ganhou status cult, sendo lembrado com frequência pelos fãs de Jackson. O cantor voltaria a trabalhar com a Sega, sendo autor não creditado de parte da trilha sonora de Sonic the Hedgehog 3, além de aparecer em Space Channel 5 e Space Channel 5: Part 2, inicialmente lançados para o Dreamcast. Também estrelou o raro arcade simulador Michael Jackson in Scramble Training.

A Sega teria vendido mais de 500 mil Mega Drives só na cidade de Tóquio para o público feminino graças ao lançamento de Moonwalker. “Nessa época dos 16-bit, a participação do público feminino era bastante pequeno. Foi um sucesso estrondoso”, disse Arnhold.

Uma sequência de Moonwalker foi descartada quando começaram a surgir as acusações de pedofilia contra o músico.

Quando Jackson morreu em 2009, fãs pediram que a Sega relançasse o jogo, mas a empresa negou citando questões de direito autoral. “Muitos pedidos de relançamento de Moonwalker, o que é compreensível, [mas] imagino que tal lançamento não seria possível por um long tempo – quem responde pelos direitos de imagem de MJ e herança, por exemplo? Tais coisas não são resolvidas tão rápido quanto vocês imaginariam”, explicou a empresa pelo Twitter.

Moonwalker foi cogitado para o Virtual Console do Wii em 2009, recebendo a avaliação etária 12 anos do PEGI para o mercado europeu, mas não foi lançado.

Personagens

Michael Jackson

Michael deve salvar as crianças sequestradas pelo vilão Mr. Big usando seus tradicionais movimentos de dança.

Mr. Big

Bubbles

Bubbles, o chimpanzé de estimação de Michael, aparece no fim das fases para indicar o caminho até o chefe.

Trilha sonora

Faixa Autor
Smooth CriminalMichael Jackson
Beat ItMichael Jackson
Another Part of MeMichael Jackson
Billie JeanMichael Jackson
BadMichael Jackson
Thriller¹Michael Jackson e Rod Temperton
¹apenas no protótipo, removida da versão final do jogo.
Editaram esse artigo: Daniel Lemes