Review de produto: Everdrive China Edition

O irmão bastardo chinês do EverDrive é uma opção comum de quem anda mal das finanças, ou não quer gastar com um top de linha. Será que ele se sai bem ou é mais uma bomba xing-ling?

13
1505

Quando os flashcards tipo EverDrive surgiram anos atrás, principalmente com o modelo do ucraniano Krikzz (Igor Golubovskiy), viraram item quase obrigatório para quem curte videogames antigos. São nada menos que a realização dos seus mais antigos sonhos nerds, oferecendo a oportunidade de jogar tudo já lançado no hardware original, a preço relativamente baixo. Quem tem grana o bastante pra tal coisa com os cartuchos "de verdade"?

Nos anos 80 e 90, o mais próximo disso eram gravadores de disquete. Víamos aqueles dispositivos estranhos na revista, com os olhos brilhando de desejo consumista, sonhando em copiar descaradamente games da locadora para um floppy. Com o EverDrive ficou fácil.

Mas se o preço é "relativamente baixo" para alguns, outros acham proibitivo tirar quase 500 reais — valor médio no Brasil pelo modelo v3 do EverDrive-MD — do orçamento quando há tantas contas pra equacionar. E o pensamento se volta às muambas chinesas, cópias de (quase sempre) baixa qualidade a precinho de banana, descartáveis para brincar um pouco e logo ficar na mão de novo.

Não vamos abrir discussão sobre ética, se é justo ou não recorrer a um produto de qualidade duvidosa e que, pelo menos numa lógica simplista, reduz os ganhos do Krikzz. Simplista porque, dos que compram o clone, quantos seriam clientes do original se não tivessem alternativa?

Mas enfim, vamos avaliar uma das alternativas baratas: a versão chinesa do Everdrive. Quais os pros e contras? Será que ele roda a maioria dos games como os oficiais, ou é uma mera cópia ordinária e de péssima qualidade?

Compra e envio

A compra foi feita pelo AliExpress, com o rótulo "O Novo Everdrive MD100% hardware original". Remete ao EverDrive-MD v3, mas não tem os mesmos recursos e parece "clonado" de uma revisão mais antiga. Veremos mais adiante.

O preço foi US$29,93 com frete grátis, pechincha fenomenal perto dos US$62,40 do EverDrive-MD. Pela cotação do dia, R$126,19. Como o valor foi bem inferior aos temidos US$50, suposto limite para taxação de importação, nem cogitei a possibilidade de pagar imposto. Levou 7 dias para chegar ao Brasil e outros 23 preso na alfândega, até ser liberado para a agência dos Correios. Até que foi rápido, afinal já tive pacote que ficou pouco menos de três meses na famosa e popular "UNIDADE TRAT INTERNACIONAL PARANA".

Mas para minha tristeza...

pacote taxado China
Valeu Receita! Boas festas pra vocês também!

Pois é, a estimada RF decidiu me taxar, mesmo com o valor baixo e vindo por Small Packet. Vai nessa que "um cartuchinho não é nada, eles não taxam", vai... Foram mais quase R$38 entre imposto e taxa de armazenamento ou algo que o valha (além de não trazer a encomenda até mim, tenho que pagar R$12 para os Correios).

No fim das contas, o cart saiu por arredondados R$165,00 — fora a canseira de ir à agência dos Correios enfrentar uma puta fila pra fazer a retirada. Mas enfim coloquei as mãos no pacote após exatamente um mês da postagem. Pouquíssimo tempo,  tratando-se de compras na China.

Aparência e embalagem

O primeiro ponto negativo já veio ao abrir a embalagem. Em vez de receber o cartucho formato europeu e americano, veio o japonês. Tive que reclamar com o vendedor, e por enquanto, estou na espera de ele me enviar o case shell europeu, o que prometeu fazer sem custos. Será?

ATUALIZAÇÃO 30/12: felizmente chegou o cart em formato europeu / americano essa semana, sem taxas, em menos de um mês. Se compras viessem tão rápido quanto reposições... Mas tive que pagar 1 dólar.

Everdrive Mega Driver China Version

Everdrive Mega Driver China Version

Everdrive carcaça japonesa

A etiqueta vem colada só na frente, assim o usuário pode abrir o cartucho, tirar a placa interna e usar, em casos como o meu. Veio parafusado, eu que abrir para ter acesso à placa e fazer as fotos. Vale notar que não acompanha cartão SD (a não ser que o vendedor te ofereça um de brinde, o que acho difícil).

O que estranhei foi a placa razoavelmente bem acabada. Esperava componentes horrendos, em placas vagabundas e extremamente grosseiras, mas até que não. Inclusive, tem assinatura de produto oficial e curiosa descrição de "EverDrive-MD China Edition", o que me levou à dúvida: será que é original regional?

Everdrive China Version

No fórum do Krikzz, encontrei a seguinte informação sobre versões chinesas do N8 (flash para games de NES):

Tenho acordo com um cara da China, que compra chips com o firmware pré-instalado por mim; eu forneço toda a informação e as placas. Ele usa meus chips para montar os carts e vendê-los na China. Mas há também outro cara que roubou a tecnologia e vende carts sem qualquer acordo comigo, mas vende apenas uma versão antiga do EverDrive-MD v2.3 e EverDrive64 V1 também conhecido como ED64 Plus.

Outro tópico reafirma que embora exista uma versão chinesa "quase oficial", com partes enviadas por Krikzz, ele não dá suporte, e elas são destinadas ao mercado chinês.

E no Sega-16, há uma explicação dele bem mais clara sobre essa "regionalização":

"Este cara da China comprou um cart meu e criou um clone. Eu fiquei zangado, mas depois o cara entrou em contato e nós chegamos a um acordo. Como vive na China, ele pode conseguir componentes eletrônicos a preço muito muito baixo, então vai produzir e vender MD carts, mas só na China, e eu tenho algum lucro com os carts vendidos. É melhor que nada pra mim e definitivamente uma boa notícia para o povo chinês, então Olá Mao!"

O cart testado tem placa de revisão 2.3C, firmware 12 e OS 35, combinação típica de clones, além de características do regional chinês citado nos fóruns (como a falta do botão Pause, retirado para redução de custos). Assim, continuava na dúvida se este "China Edition" é 100% clone ou fruto dessa parceria vazando da China para o exterior.

Vamos à fonte. Para esclarecer de vez, nada melhor que perguntar ao próprio Krikzz, certo? E a resposta dele foi:

Este cart é 100% clone. E um clone baseado num EverDrive-MD muito antigo, sem sequer Megakey via hardware. A revisão da placa é na verdade do ano 2010, e definitivamente não de 2015.

Nenhuma surpresa. Duvido que tenha a mesma durabilidade do original; há relatos de que morrem após algumas centenas de regravações, coisa de poucos anos, contra milhares de gravações e décadas do original. Mas usa o mesmo CI (Altera MAX II), tem especificações muito similares ao EverDrive-MD e funciona bem, como veremos.

EverDrive China Edition

EverDrive China Edition
Os furos no canto superior direito deveriam ter o botão de pausa para o Master System.

Funcionamento

Hora de ligar. Para o teste, um microSD de 2 GB, formatado em FAT16 ou FAT32 é o bastante para centenas de games do Mega Drive e Master System.

Não adianta formatar em NTFS!

Everdrive China Edition Menu

Logo após ligar o Mega Drive, será solicitado que você aperte Start, e criadas algumas pastas do sistema operacional. Os games em arquivos .SMS (Master System) e .BIN (Mega Drive) aparecem na lista do menu Select Game.

Escolheu o o game? Pressione Start e ele começa a ser carregado, e a demora varia pelo tamanho do arquivo. O maior game oficial, Super Street Fighter II, deve demorar uns 30 segundos.

É recomendável não jogar milhares de ROMs soltas no microSD, mas organizados em pastas com não mais que 200 arquivos, para reduzir o tempo de carregamento da lista de jogos.

As opções do menu inicial:

Play Game: inicia o jogo escolhido em "Select Game", ou o último carregado.

Select Game: abre a lista de arquivos do SD card.

Options:

Hard Reset: limpa registros do sistema antes de iniciar o game. A opção deve estar ativa para maior compatibilidade, mas pode ser preciso desativá-la para alguns games e sistemas específicos. Se não der problema, deixe em ON.

Genny3 Mode: se está usando um Genesis 3, deixe a opção ativa para resolver uma questão técnica relativa ao clock. Note que Genesis 3 é aquele pequeno americano, da Majesco, não o Mega Drive 3 nacional que na América do Norte é o Genesis II.

SRAM Auto Backup: ON para guardar automaticamente dados de saves no SD card antes do game ser trocado, e também automaticamente carregar dados de save do SD antes de carregar o game.

Region Free: com a opção ativa, o Everdrive tenta automaticamente forçar ROMs de região diferente do seu console a funcionar independente de travas regionais. Em versões posteriores do EverDrive, essa função é via hardware, muito mais eficiente. Nesse, é por software.

Cheats: suporte a códigos de Game Genie. Podem ser inseridos manualmente ou carregados de um arquivo de texto no formato .TXT. O arquivo não deve ser maior que 512 bytes. O código é aplicado durante o processo de gravação do game do SD card para a memória flash, então para cancelar o código, só regravando o jogo na memória.

Toolbox

Save / load SRAM: salva ou carrega dados da memória SRAM para um arquivo gravado no SD card, e vice-versa.

Device Info: uma série de informações sobre o sistema: versão do sistema operacional do Everdrive, versão do firmware, tipo de MEGAKEY (software ou hardware), sistema de arquivo do SD (FAT16 ou 32), região do seu Mega Drive, detecção de presença do Sega CD, tamanho da pasta de arquivos do sistema, e status da tecla SMS (a pausa do Master System).

SPI Speed Test: teste de velocidade de transferência. Só funciona se um SD estiver conectado ao Everdrive.

Update OS: ferramenta para atualização do sistema operacional. Definitivamente não é recomendado fazer com os carts chineses, pois é possível que o desenvolvedor do original coloque "surpresas" a cada atualização para inutilizar propositalmente os clones. Sem falar de incompatibilidades mesmo.

About: informações do Everdrive.

Depois de carregado, o game fica na memória flash de forma "permanente". Ou melhor: enquanto você não voltar ao menu Select Game para trocá-lo, ele continuará sendo executado ao escolher Play, mesmo que você tire o SD card.

A maioria dos games testados carregou normalmente, sendo impossível diferenciar a experiência de usar o cartucho de verdade. Mesmo desenvolvidos depois, como demos e testes, podem funcionar. Entre outras, as demos de Angry Birds e Maldita Castilla! rodaram, exceto por um bug ao pressionar Reset em Angry Birds. A única limitação técnica declarada é o tamanho do jogo: o maior tamanho de ROM suportado é pouco mais de 5 Mb.

Angry Birds Mega Drive EverdriveROMs traduzidas / hackeadas, tão populares no emulador, será que rodam no clone?

Beyond Oasis em português parecia ir bem, mas deu tela preta logo após a introdução, também com problemas de áudio. Mesmo pulando a intro para fugir do bug, deu vários outros durante a primeira parte, ainda na cidade. Streets of Rage 3 traduzido também não funcionou, ao contrário da versão normal e do hack "really gay" (aquela em que o Ash é personagem controlável). Outros OK são Phantasy Star IV em português, Beggar Prince (ROM marcada como "Unl"), Virtua Fighter vs Tekken e Legend of Wukong (ROM China).

Ainda entre hacks e indies, o tosco Super Mario Bros. funcionou, assim como a maioria dos demais testados. Rockman X3 deu "decode error". Ou seja, varia de caso a caso, não há regra tipo "se é ROM hack não funciona". O ideal é jogar com ROMs íntegras como as do pacote GoodGen.

É óbvio, mas vou lembrar mesmo assim: games de 32X não funcionam sem um 32X! O game até entra na etapa de loading, mas não roda porque não tem hardware presente pra isso. Infelizmente não tenho um 32X pra experimentar, mas supõe-se que o Everdrive funcione tranquilamente espetado nele.

E Master System?

Não precisa de adaptador, os games rodam lindamente no próprio Mega Drive.

Master System no EverDrive
Castle of Illusion, do Master System, rodando no Mega Drive com o Everdrive.

Som FM do Master? Esqueça, pra isso o Mega Drive teria que ser modificado com o chip YM2413. Contente-se em jogar Master no Mega sem adaptador. Este chinês peca feio por não ter o Pause do Master System, que no EverDrive-MD, por exemplo, fica num botãozinho em cima do cartucho.

Como faz para pausar? Não faz. Isso simplesmente mata alguns games que precisam da tela de pausa, como Alex Kidd in Miracle World. Ponto extremamente negativo. Custava tanto colocar o botão?

Uma das possibilidades interessantíssimas — que também não pude testar, mas o revendedor garante que é compatível — é o carregamento de BIOS do Sega CD. Pra quê? Como sabem, o Sega CD americano e brasileiro não é compatível com games japoneses e europeus; cada mercado tem sua própria BIOS. Mas se você tiver o Everdrive, pode carregar o arquivo da BIOS japonesa ou europeia no Mega Drive da TecToy (devidamente acoplado ao Sega CD brasileiro) e jogar games japoneses numa boa.

Mais uma boa? Region Free. O Everdrive tenta fazer o desbloqueio de região de ROMs diferentes do seu hardware. Por exemplo, se o game é só para a região da Europa, não funcionaria em consoles da TecToy, mas se possível, isso será contornado pelo Everdrive. Quando o recurso entra em ação, aparece a mensagem "Mega Soft..." antes de entrar o jogo. Funcionou com alguns como YuYu Hakusho, Super Volleyball e títulos do Master System, enquanto outros carregam, mas logo vem a tela de aviso de trava regional. Como nessa versão o trabalho é feito por software, não é muito sólido.

Então como jogar TUDO, incluindo os exclusivos do Japão se você só tem o Mega nacional? Só chaveando ou tendo um Mega japonês de reserva.

Everdrive bloqueio regional

Detalhe adicional é que não dá pra jogar os games de Master se o 32X estiver conectado.

Compatível ou não?

Há vários games que são motivo de real interesse e debate sobre funcionar ou não no Everdrive, como os grandes clássicos. Alguns dos que testei e como se saíram:

Sonic & Knuckles: todas as formas funcionam, seja unido com Sonic 1, 2 ou 3.

Mega Man: The Willy Wars: não funciona. Deu apenas uma tela vermelha ou preta, dependendo da ROM.

Virtua Racing: não passa do carregamento, ou quando passa, dá tela preta na sequência. E não adianta insistir pois falta no Everdrive o chip SVP ou algo que o emule. Sem isso, não há como gerenciar os polígonos do game.

Super Street Fighter II: funciona normal, joguei bastante tempo e sem problema, apesar do temor frequente do pessoal por ser um dos maiores games do Mega Drive. É a única ROM superior a 5 Mb que funciona, imagino que haja algum contorno especial pra ela. Lembrando que tal limitação não acontece com os EverDrives originais recentes, que rodam até as ROMs enormes de Pier Solar e Ultimate Mortal Kombat Trilogy Hack.

Ultimate Mortal Kombat 3: funcionou, apesar de demorar para carregar, depois foi tranquilo.

Ultimate Mortal Kombat 3 Trilogy (HACK): erro "prog error 141"(relacionado ao tamanho do arquivo). Testado com diferentes ROMs. O problema é o tamanho: a maioria desses hacks tem mais de 10 Mb. O único hack que funcionou foi da ROM chamada "mini hack", que tem 4 Mb.

Pier Solar and the Great Architects: chance zero da ROM completa, com seus 8 Mb, funcionar no Everdrive chinês, dá "prog error 141". Só a ROM da versão beta funciona, pois tem pouco mais de 3 Mb.

Games da EA: alguns teriam problemas para rodar no Everdrive, segundo o desenvolvedor. Entre os vários que testei, incluindo Jungle Strike, Fifa 95, James Pond, Road Rash 3 e Where in Time is Carmen Sandiego, apenas Populous não funcionou.

Pier Solar Everdrive
Só a versão beta de Pier Solar, com pouco mais de 3 Mb, rodou no Everdrive. A completa, de 8 Mb, nem pensar.

Phelios: um usuário no fórum do Everdrive reclamou sobre Phelios e resolvi testar. A ROM (de qualquer região) é reconhecida como game de Master System e logo, não roda.

Resumindo, todos os jogos de ROM acima de 4096 Kb, exceto Super Street Fighter II (5120 Kb) e Sonic & Knuckles + Sonic 3 (4112 Kb), não funcionaram. Fora isso, raras exceções. É possível que outros sejam incompatíveis. Se eu perceber, vou atualizando aqui.

Saves

Serão criadas as pastas no microSD ao usar o Everdrive pela primeira vez com um cartão limpo e formatado. A pasta EDMD, no mesmo nível dos arquivos ROM, guardará a pasta SAVE. Ali ficam os arquivos do salvamento interno do jogo.

Save states de emulador, pra salvar em qualquer lugar tipo marajá? Tire o cavalo da chuva, não são compatíveis. O único a suportar tal recurso é o Mega Everdrive a partir da versão v2.

everdrive pastas

O formato do arquivo de saves do Everdrive é o mesmo gerado pelos emuladores comuns (extensão .SRM). Será que o save do Kega Fusion é compatível?

Para testar, fiz o seguinte: salvei um game de Phantasy Star IV no Fusion, copiei o save .SRM para a pasta SAVE do SD, com o mesmo nome da ROM do game que já estava lá. Carreguei o game no Mega Drive e bingo: save reconhecido. Não tenho certeza se funciona com todos os jogos, mas em Phantasy Star IV do Mega e Phantasy Star do Master System, foi tranquilo.

Phantasy Star Save Game
O save de Phantasy Star foi criado no emulador, e reconhecido pelo Mega Drive através do Everdrive.

Os saves internos dos games funcionam que é uma beleza. Testei com games de Mega e Master System, e lá estavam em seus devidos lugares depois de dar Reset.

E ao desligar o videogame? Perde o save se desligar sem reset? Negativo, não precisa reset antes com medo de perder o save. Salvei, desliguei imediatamente e ao religar, o ponto de salvamento estava lá reconhecido no jogo e arquivado na pasta do SD. Bastante estranho, já que a bateria de lítio teria sido colocada no EverDrive original exatamente para corrigir esse problema.

Além disso, não faz diferença o nome da ROM usada, ela está sempre associada aos saves. Salvei o jogo com a versão TecToy de Phantasy Star do Master System; ao carregar a ROM japonesa, o game encontrou e carregou os saves do mesmo jeito.

Tabela comparativa

As principais diferenças entre três versões do Everdrive: EverDrive-MD (original), Mega EverDrive v2 (original) e Everdrive China Edition (clone do EverDrive-MD que foi revisado aqui):

Características Mega EverDrive v2 EverDrive-MD v3 Everdrive China Edition
Tipo de memória 16 Mb PSRAM 8 Mb Flash ROM 8 Mb Flash ROM
Save RAM 256 Kb 128 Kb ?
Hardware Core Altera Cyclone II FPGA Altera MAX II CPLD Altera MAX II CPLD
Lançamento 2/1/2015 15/7/2013 21/04/15*
Tempo de Loading Instantâneo (1 a 2 segundos) Loading normal Loading normal
Save States Sim Não Não
In-Game Menu Sim Não Não
Suporte a grandes hacks Sim Não Não
Porta USB para desenvolvimento Sim Não Não
Reprodução de Áudio¹ Sim Não Não
Sega CD RAM Cart Sim Não Não
Custom stereo DAC Sim Não Não
EEPROM saves support Parcial Não Não
Hardware core update Sim Não Não
Update de firmware Sim Sim Não
Suporte a 99% dos games Sim Sim Sim
ROM máxima suportada 15 Mb 7 Mb 5 Mb
Bateria 256 Kb 256 Kb Não
FAT16 e FAT32 Sim Sim Sim
MAX SD Card 32 GB 32 GB 32 GB
Snapshots Sim Não Não
Suporte a Master System Sim Sim Sim
Suporte a 32X² Sim Sim Sim
MEGAKEY Hardware Hardware Software
Suporte a BIOS de Sega CD Sim Sim Sim³
Suporte a Cheat Sim Sim Sim
Retorno ao menu no Reset Sim Sim Não
* pelo menos diz a placa. Segundo Krikzz, o clone é de meados de 2010.
¹ formatos WAV, GYM, TFC
² suporta games desde que o Everdrive esteja conectado ao 32X
³ não testado, funciona segundo o revendedor

Conclusão

De novo: não quero entrar no mérito da "ética", discutir se buscar a versão paralela de um produto cuja finalidade é jogar games copiados é errado ou não. Segundo o desenvolvedor, o Everdrive foi feito para rodar projetos no hardware original, mas todo mundo sabe que 99% dos compradores farão outro uso...

Se pra você a cópia chinesa é o cúmulo da canalhice, é mais que recomendado ir ao site do Krikzz ou Stone Age Gamer e adquirir o cart europeu. Custa quase o dobro, mas tem todas as vantagens de um original, como suporte, qualidade e claro, seu sono tranquilo. Se quer um produto fino, com facilidades como save states, acesso ao menu in-game (pra não ter que dar ligar e desligar o videogame cada vez que trocar o jogo), etc, a recomendação é simples: vá de Mega Everdrive, aqui. Esse é o cara.

Já se seu orçamento é apertado, ou você não é um jogador tão frequente, o Everdrive chinês atenderá de forma espetacular às suas necessidades. Ele roda a imensa maioria dos games, e os favoritos que não funcionam você pode comprar à parte. Particularmente, só me faria falta o Virtua Racing.

É bom notar que o produto é dedicado aos games "originais", ou seja, não espere que ele vá fazer o Mega Drive digerir os hacks insanos que você desfruta no emulador, pois a compatibilidade não é garantida nem nos modelos fabricados na Ucrânia.

Pra entender, veja o aviso constante no manual do Everdrive-MD original:

"Certos formatos de arquivo ROM não funcionarão adequadamente no EverDrive-MD. É altamente recomendado que sejam usados 'romsets' gerados pelo GoodGen a partir de 3.0. Se você não usar o formato correto de romset, o game pode não rodar bem, ou com bugs. Não oferecemos suporte se você usar ROMs modificadas ou hackeadas. Muitos desses ROMs de games alterados só vão rodar em emuladores e não no hardware original".

Tenha em mente os contras desta alternativa. Você não terá qualquer tipo de suporte do Krikzz, incluindo participação no fórum e atualizações de firmware; quem tentou atualizar, ganhou um belo tijolo em formato de cartucho.

Avaliação

Positivo

  • alta compatibilidade (99% dos games lançados para Mega Drive);
  • metade do preço do original, ou menos.

Negativo

  • falta do botão Pause para Master System;
  • sem menu in-game, a cada troca de jogo, tem que desligar o videogame;
  • sem save states;
  • não carrega games com mais de 5 Mb, como hacks e indies.

Apresentação: não espere manual, caixa invocada, etc. É tudo sumário, mas o cartucho + label personalizado dá pro gasto.

Instalação: um microSD e um computador para transferir ROMs. Qualquer pessoa com conhecimento intermediário de informática conseguirá usar o Everdrive China. Dispensa instalações ou atualizações (até porque se fizer, dança).

Usabilidade: com um menu simplificado e alta compatibilidade com games oficiais, usá-lo é quase tão fácil quando plugar os velhos cartuchos, daqueles "500 em 1". Tem chateações, como a falta de menu durante o jogo para voltar à lista de jogos. A cada troca é um liga-desliga, nada bom...

Qualidade geral: poucas falhas, mas algumas graves como a falta do botão de pausa e do megakey. O clone não faz tão feio como certos produtos baratos. Pode enganar olhos desatentos.

Custo x benefício: por quase metade do preço do oficial, o EverDrive chinês entrega mais de 50% dos recursos essenciais daquele.

Valor: como um dos itens mais desejados no segmento, mesmo um clone é valorizado. Esse valor, porém, é cada vez menor a cada atualização que este não pode receber.

RESUMO DO REVIEW
Apresentação
Instalação
Usabilidade
Qualidade Geral
Custo x Benefício
Valor
Artigo anteriorLendas dos Games: a música do suicídio em Pokémon
Próximo artigoReview: River Raid (Atari 2600)