Oculus Rift de graça? Como assim?

Desenvolvedora diz que está pensando seriamente na gratuidade do dispositivo. Por enquanto, o kit para desenvolvedores sai por US$300,00
Por: Daniel Lemes
0
82

A grande promessa de mexer pra valer com as futuras gerações de videogames não está nos consoles da Sony, Nintendo e Microsoft, mas sim no Oculus Rift. O acessório que deve levar a realidade virtual a patamares nunca antes alcançados tem uma grande esperança depositada pelos desenvolvedores e gamers.

A meta principal, por enquanto, é reduzir o preço, já que a versão development kit foi oferecida por US$300,00 - proibitivo num produto final, considerando que consoles devem ficar entre 500 e 600 dólares (lá fora, claro; aqui na Impostolândia a história é outra). Por melhor que seja, será acessível se custar metade do preço do console?

Brandon Iribe, CEO da Oculus VR falou em entrevista ao Edge Online sobre a comercialização do Rift e como querem levá-lo ao maior número de usuários possível.

Quanto mais baixo o preço, maior a audiência. Temos todo tipo de ideias e fantasias. Adoraríamos que ele fosse de graça um dia, então como nos aproximar ao máximo da gratuidade? Claro que não vai ser no início. Temos como meta o preço de 300 dólares por enquanto, mas há potencial para que seja muito mais barato com algumas estratégias e relações diferentes.

Ele não entrou em detalhes de quais seriam essas mudanças de "relações", mas se conseguirem manter o preço de 300 dólares mesmo com o dispositivo de melhor resolução, parece um bom começo.

É difícil imaginar o que quer que seja grátis; parece muito mais sonho do que palpável, mas segundo Iribe, até pode ser alcançado se houver grandes vendas de jogos para o Rift, suficientes para subsidiar a oferta gratuita para os usuários desses games.

oculus rift

Imagine se Microsoft e Sony pudessem subsidiar consoles porque há dinheiro o bastante sendo feito com software e outras áreas, então há potencial pra que isso, com parcerias.

Parece um grande negócio para todos, mas será que nesse mundo corporativo os executivos pensam de verdade em algo assim ou é só falácia? Iribe garante que é pra valer, num futuro ideal:

Ainda não chegamos lá, mas sentamos e pensamos nisso o tempo todo, como podemos torná-lo grátis? Você quer todos jogando, então quanto mais barato, mais gente compra. Hoje é um kit de desenvolvimento de 300 dólares, mas pensamos como levá-lo ao maior número de pessoas.

De Edge Online.

Artigo anteriorDuckTales Remastered tem data de lançamento e documentário, Duckumentary
Próximo artigoA história do Mega Drive
Se não tiver conta no Memória BIT, será criada uma. Nada será publicado em seu perfil.
Se já tem conta no MBIT, faça login nela e vincule-a ao Facebook.

SEM COMENTÁRIOS

X
Todos os comentários passam por moderação antes de publicados. Se o seu for aprovado, vai aparecer em breve!

DEIXE UM COMENTÁRIO