Iniciante? Opções de engine para game design

Solte o desenvolvedor dentro de você com uma dessas opções e comece hoje a criar games.
Por: Daniel Lemes
0
304

Todo mundo que um dia curtiu games, também já sonhou em produzir, ou pelo menos dar palpite na produção de um. O sonho infantil de trabalhar na série favorita, porém, parece distante quanto a gente cresce e entende o tamanho da encrenca. Mover um personagem pela tela, definir menus, mecânicas e manter tudo bonito e fluindo bem exige um pouco mais do que "uns códigos lá" e "uns sprites ali".

Antigamente, vários programadores faziam o trabalho "na unha", ou melhor, escreviam tudo no nível mais baixo (simplificando, mais próximo da linguagem da máquina), em linguagem assembly, impensável para padrões atuais. Com o avanço dos processadores, seria tarefa sobre-humana produzir games enormes sem engines que abreviam muita coisa. Design de videogames deixou de ser exclusividade de estúdios, com computadores top (dane-se, eu gosto da palavra top) ou de profissionais com vasta experiência.

Hoje, qualquer mané, tipo nós, pode desenvolver um game em casa, nas horas de folga, só com uma boa engine e claro, dedicação em aprender ao menos o básico de programação, ilustração, etc. Se você for o tipo "banda de uma pessoa só", pode até compor as músicas, ilustrar personagens, roteirizar, etc. As ferramentas estão por aí. E dependendo da complexidade do projeto, nem o básico é necessário: algumas engines automatizam tudo, e você só precisa aprender a usá-la. Não que seu game vá ficar aquela maravilha, mas dá pra satisfazer a vontade de ver seu nome nos créditos de um game.

Se gostou da ideia, ficam aqui opções de engines para game design, várias gratuitas, inclusive. Algumas são tão poderosas que jogos criados estão sendo vendidos em lojas como a Steam, usados pelas principais empresas do mercado. Escolha a que mais se adapta à sua necessidade e vá com fé. Importante é não demorar pra começar, porque o caminho é longo.

Quest

Preço: grátis
Plataforma de publicação: navegador
Site: http://textadventures.co.uk/quest

O Quest é um velho conhecido do pessoal que se embrenhou no mundo dos text adventures. Afinal, muito antes de existirem gráficos, o público descobriu o que era jogar com narrativas tipo literatura interativa. Se parecem pouco atrativos pra molecada modernete, games em texto têm vantagens. Apelam diretamente à imaginação do jogador, algo perdido na orgia gráfica atual; em vez de ter tudo atirado em seu rosto com full HD, ele lê e cria mentalmente o cenário que achar melhor, o personagem como quiser. Outra, óbvia, é que elimina toda a etapa da criação dos gráficos.

O Quest tem uma interface bem limpa e vai direto ao ponto. Você pode criar objetos, salas e inventários simples, priorizando escolhas que determinam o rumo da sua história. Se bem escrita, a trama terá potencial pra ser mais envolvente que um livro.

Adventure Game Studio

Preço: grátis
Platforma de publicação: PC
Site: http://www.adventuregamestudio.co.uk/

Essa é pra quem era fã dos adventures tipo Day of the Tentacle, Myst e Full Throttle, um gênero que recebeu atenção recente com remakes. A engine da TellTale Studios é uma mão na roda para desenvolvedores indies criarem aventuras que mesclam muito de leitura com gráficos e áudio.

Adventure Game Studio é desenhado não só para ser simples de usar, mas também 100% grátis. Até o momento nenhum grande game emplacou pra valer, mas alguns foram comercializados na Steam, como Ben There, Dan That!, com avaliações muito positivas.

Stencyl

Preço: desde grátis até US$199 ao ano
Platforma de publicação: iPhone, Android, Flash, Windows, Mac e Linux
Site: http://www.stencyl.com/

O Stencyl já entra na linha dos programas mais versáteis, e aí é claro que aparecem preços. Ele oferece várias funcionalidades para quem só quer começar a criar games simples para mobile, mas também com opção de publicação para desktop e web — apesar das variações de publicação, o mobile é o foco do programa.

O melhor sobre o Stencyl é que grande parte do trabalho de criação de partes complicadas como menus e botões é automatizada, numa interface muito simples de usar.

Quem sabe você não cria o próximo Flappy Bird ou Candy Crush?

Construct 2

Preço: teste grátis, R$240 (pessoal), ou R$1040 (business)
Plataformas de publicação: HTML5, Windows 8, iOS, Android, Mac e Linux
Site: https://www.scirra.com/construct2

Agora a coisa começa a ficar "séria", com engines mais ricas que geraram jogos mais rentáveis. Construct 2 suporta várias plataformas de publicação, mas o desenvolvimento em 2D para HTML5 é a tônica. Note que ele é exclusivo para games 2D.

Se você é um cara trabalhando sozinho, o preço é muito mais baixo do que para empresas. A versão grátis tem todas as funcionalidades que você precisa pra começar, mas é bem restritiva — entre outras, não permite criar apps para Windows e Mac, criar subpastas de projeto, ou lançar projetos comerciais. A Scirra Store tem uma boa seleção de itens adicionais como templates e pacotes de música e elementos visuais para incrementar sua produção.

RPG Maker

Preço: versão de teste grátis, US$79,99 (MV), US$69,99 (VX Ace)
Platforma de publicação: PC
Site: http://www.rpgmakerweb.com

Clássico dos RPGs indies, o RPG Maker está há anos por aí com versões diversas. Muito fácil de usar, tanto que acabou estigmatizado: games feitos nele, se usando só assets padronizados, são facilmente reconhecidos como amadores. Foram lançados muito games banais, mal otimizados, com péssimo design, e até vendidos. De certa forma, isso manchou sua reputação.

Ele é baseado no uso de menus e janelas, com edição de banco de dados, características de personagens e inimigos, edição de tiles e muito mais. Versões mais recentes tem até geradores de personagem e dão acesso total ao código-fonte. Tem o ponto positivo — se você quer produzir um RPG clássico — de ser focado nesse gênero, mas ao mesmo tempo, isso o limita em certos aspectos; se planeja um RPG com mecânicas mais complexas, talvez seja melhor buscar outro caminho.

Se seu sonho é criar um RPG tipo Final Fantasy, Phantasy Star e afins, é uma opção. Curioso é que um dos jogos mais famosos feitos em RPG Maker não é bem RPG, mas uma história interativa: To The Moon.

Twine

Preço: grátis
Plataforma de publicação: web (HTML)
Site: http://twinery.org/

Quem acompanha o Memória BIT deve lembrar do Twine, falei dele aqui. Tem algumas semelhanças com o Quest, mas ao contrário deste, o Twine não é tão focado no formato clássico de história interativa, com muito mais opções de interatividade, variáveis e até mídia. Basicamente, qualquer coisa que você seja capaz de fazer com HTML, Javascript e CSS, cabe no Twine.

Qual a grande diferença? No Twine, você não fica limitado ao formato "abra isso", "faça aquilo". Dá pra criar jogos complexos, com prioridade no texto. O game é "montado" sobre um esquema visual, em que cada módulo se conecta a outro, mais ou menos como a construção de um banco de dados. Há vários formatos de linguagem, como Harlowe, voltado a jogos simples, ou o Snowman, com estrutura similar a Javascript.

Talvez o exemplo mais famoso de game feito em Twine é Depression Quest, de Zoe Quinn. O melhor do Twine: é totalmente grátis, pode ser usado tanto online quanto pelo aplicativo

Game Salad

Preço: teste grátis, US$200/ano (basic), US$300/ano (pro)
Plataforma de publicação: web, Mac, iOS, Windows 8, Android, Tizen
Site: http://gamesalad.com/

Entre os que prometem resultado rápido, como o citado Stencyl, esse deve ser o recordista. No site, o aviso: "crie games em até 1 hora". Com o Game Salad, você pode colocar pra funcionar rapidinho qualquer tipo de jogo. Também é voltado para jogos simples para mobile, mas suporta outros formatos de plataforma para exportação do resultado.

O site oferece material educacional, e tem um grande mercado de assets que você pode comprar para usar em seus projetos, mesmo comerciais. Não requer conhecimento de qualquer linguagem específica de programação, mas o resultado pode (ou não) ser mais restrito se não souber bem o que está fazendo ou como modificar algo.

Unity

Preço: teste grátis, US$1500 pagamento único, ou US$75/mês
Plataforma de publicação: PC, Windows Phone, Windows Apps, Mac, Linux, HTML, iOS, Android, BlackBerry
Site: http://unity3d.com

Se você já passou da fase de iniciante, tem experiência com algum tipo de programação, ou quer partir logo pra algo muito sólido, com futuro aberto, vá direto ao Unity. Ao mesmo tempo em que pode ser extremamente intimidadora para iniciantes, a engine oferece uma gama incrível de ferramentas para quem souber o que fazer com elas.

O problema é o preço, bem salgado, fora assets; ou seja, melhor seu projeto ser bem rentável, ou vai ficar no vermelho. O Unity tem tranquilo a maior variedade de possibilidades nessa lista, um programa poderoso e completo, que mesmo estúdios grandes usam. Suporta a criação de jogos 2D ou 3D, de qualquer tipo, sem falar da grande quantidade de tutoriais online.

Gamemaker: Studio

Preço: de grátis até US$800
Plataforma de publicação: PC, Windows Phone, Windows Apps, Mac, Linux, HTML5, iOS, Android, Tizen, PS3, PS4, XBox One e Vita
Site: https://www.yoyogames.com/studio

"GameMaker: Studio tem tudo que você precisa para desenvolver games, não importa seu nível ou experiência". A descrição oficial é justa: o programa é fácil de usar e rápido de aprender.  A variedade de plataformas para exportação é enorme. A engine tem uma linguagem própria (GML), simples para quem conhece alguma coisa de programação. A interface é do tipo arrastar-e-soltar, pra facilitar o processo visual antes de começar a codificar o game. Há muito material online, tanto oficial quanto de terceiros.

Se sua ideia é fazer games simples, talvez consiga em menos de 15 dias. Segundo depoimentos, o desenvolvimento de algo mais profissional, como Savant - Ascent, por exemplo, foi do zero ao lançamento em apenas 5 semanas.

Artigo anteriorNintendo confirma fim do Wii U: o que esperar do Switch?
Próximo artigoComo era no passado: a produção de Frostbite (Atari 2600)
Se não tiver conta no Memória BIT, será criada uma. Nada será publicado em seu perfil.
Se já tem conta no MBIT, faça login nela e vincule-a ao Facebook.

SEM COMENTÁRIOS

X
Todos os comentários passam por moderação antes de publicados. Se o seu for aprovado, vai aparecer em breve!

DEIXE UM COMENTÁRIO