Shinobi (arcade)

O jogo de 1987 foi o primeiro da série com o ninja Joe Musashi.
Atualização: Daniel Lemes
0
37

Shinobi é um jogo de ação side-scrolling lançado pela Sega para arcade (System 16) em 1987. Produzido por Yutaka Sugano, mostra a história do ninja moderno Joe Musashi, que precisa resgatar crianças de seu clã sequestradas por terroristas comandados pelo "Masked Ninja".

O reconhecimento levou à criação de vários ports para consoles tanto da Sega (Master System) quanto terceiros, como NES, Turbografx-16 e computadores. Abriu caminho para um das séries mais importantes da Sega, com sequências como The Revenge of Shinobi e Shinobi III, exclusivos para Mega Drive, e relançamentos em Wii, PlayStation 3 e Xbox 360.

Enredo

Atenção, spoilers.

O jogador controla Joe Musashi, que luta para derrotar um grupo criminoso e resgatar crianças de seu clã ninja, o Oboro. Musashi passa por cinco missões, subdivididas em três estágios cada, até chegar ao esconderijo inimigo, libertando os reféns antes de enfrentar o Ninja Mascarado.

No final, descobre que o Ninja Mascarado e chefe criminoso era seu mestre, Nakahara. Ele estava obcecado com a ideia de, através de uma guerra civil, recriar a era feudal, quando ninjas tinham papel ativo na sociedade.

Jogabilidade

No início de cada missão, o jogador vê o objetivo, seguido de um arquivo com a fotografia do chefe da fase e um mapa com a estrutura da fase.

O controle é formado pela combinação básica de direcional de oito pontos (↑ ↓ ←  → e diagonais), e três botões, sendo salto, ataque e as técnicas ninjutsu, ou "magias". Musashi pode caminhar abaixado, e mantendo o direcional para cima ou para baixo, pular para plataformas superiores ou inferiores.

As armas básicas são um estoque infinito de shurikens, além de socos e chutes desferidos naturalmente quando o inimigo está próximo. Resgatando certo número de reféns por fase garante um upgrade de ataque, com shurikens substituídos por uma arma de tiro explosivo, e uma katana para o combate corpo-a-corpo.

Magias podem ser usadas apenas uma vez por fase, limpando a tela de inimigos, ou no caso dos chefes, causando grande dano.

Musashi pode usar até três técnicas:

  • Trovão: solta raios pela tela.
  • Tornado: cria uma coluna de vento.
  • Doppelganger: cria múltiplos clones que atacam por toda a tela.

As magias têm o mesmo efeito, só mudando a animação.

Imagem: The Arcade Museum

Iinimigos incluem punks, ninjas, soldados com armas de fogo e soldados estilo medieval com grandes espadas, que guardam os reféns. Há um inimigo que se pendura em paredes similar ao Homem-Aranha. Musashi pode pular sobre a maioria dos inimigos sem sofrer danos, mas morre ao primeiro golpe recebido de qualquer tipo. Outras formas de perder vida são cair em buracos, ou acabar o tempo da fase (três minutos). Não há check points, portanto perder uma vida significa voltar ao início da fase. Nesse caso, só os reféns salvos são mantidos.

Cada crédito dá 3 vidas, mas na missão final não há opção de continue. A pontuação de bônus aumenta quanto mais rápido a fase for concluída, se não for usada nenhuma magia (exceto na fase final), ou usando só ataques de curto alcance como socos, chutes ou katana. Vidas extras são dadas ao atingir certas pontuações, completar com sucesso a fase de bônus, ou resgatar um refém especial.

Bônus. Entre as fases, o jogador entra num bônus em primeira pessoa. Deve-se derrubar os ninjas que pulam na direção da tela, atirando shurikens. Completando a rodada, ganha-se uma vida extra.

Desenvolvimento

Shinobi foi desenvolvido dentro da Sega DD3 (Development Division 3, rebatizada AM1 após a reorganização das divisões internas de 1990), que era chefiada por Rikiya Nakagawa. A equipe fixa era composta por um produtor, três programadores e dois artistas gráficos. Foi o segundo trabalho, e o primeiro como produtor, de Yutaka Sugano, desde que juntou-se à Sega em 1986 (havia sido assistente de design em Alex Kidd: The Lost Stars).

O desenvolvimento começou logo após o término de Alex Kidd. Sugano procurava inspiração para o próximo projeto, e encontrou nos filmes americanos sobre ninjas, com os do ator Sho Kosugi. Joe Musashi foi o resultado da busca por um herói, mistura de um nome ocidental com o sobrenome do guerreiro Miyamoto Musashi.

No início do projeto, o comando da Sega pediu ao time que criasse um controle inovador para Shinobi. Segundo Sugano, foi projetado um manche mais curto, com o topo no formato de uma estrela ninja. Esse topo seria deslizado para simular o movimento de atirar um shuriken. "A sensibilidade ao jogar foi boa nas fases de bônus, mas não tanto nos estágios de ação, então acabamos desistindo do controle", contou Sugano em entrevista de 2017.

Conforme o projeto avançou,  não causou muita empolgação internamente, principalmente pelas etapas de ação. Mas alguns funcionários gostaram dos bônus e dos duelos com os chefes, um deles promoveu Shinobi entre o departamento de vendas, o ajudando a se tornar um sucesso.

Para tornar Joe Musashi mais reconhecido, a equipe resolveu que ele não usaria máscara durante a partida. Segundo o produtor, "queríamos que Joe Musashi fosse um herói, mas se vestisse aquela máscara, se pareceria só com mais um de seu clã ninja. Queríamos que ele fosse um personagem destacado e independente. Então, decidimos tirar sua máscara". A máscara na introdução, porém, servia para deixar claro do que o jogo se tratava.

Shinobi levou cerca de 10 meses para ser concluído.

Recepção e legado

Shinobi foi um dos grandes sucessos em arcades no fim dos anos 80, rapidamente ganhando fãs. A Sega aproveitou para lançar uma improvável versão para o Master System no ano seguinte, 1988. Além das naturais perdas técnicas, a principal diferença foi Musashi não perder uma vida imediatamente ao receber golpes, ganhando uma barra de energia, mas perdendo energia ao tocar inimigos. Em 1989, foi licenciado à diversas empresas, com versões produzidas para NES, PC Engine e computadores Commodore Amiga, Atari ST, Commodore 64, Amstrad CPC e ZX Spectrum.

O jogo foi disponibilizado no Virtual Console do Wii e na Live Arcade do Xbox 360, com pequenas modificações. O personagem que lembrava o Homem-Aranha teve a paleta de cores alterada de azul para verde. Na coletânea Sonic's Ultimate Genesis Collection para Xbox 360 e PlayStation 3, Shinobi entrou como game secreto, acessível ao completar o primeiro round de Shinobi III sem usar continues.

A Sega lançou The Revenge of Shinobi em 1989, para Mega Drive, com produção de Noriyoshi Ohba e trilha sonora de Yuzo Koshiro, que afirmou ter jogado muito o arcade anterior. A sequência manteve a maioria dos elementos e personagens.

Foi lançado o arcade Shadow Dancer, no mesmo ano, com produção de Motoshige Hokoyama. Apesar de fazer parte do universo Shinobi, e da jogabilidade similar, o protagonista não tem o nome revelado, e anda na companhia de um cachorro. Foi criada também uma sátira usando Alex Kidd, então um dos principais personagens da Sega, com Alex Kidd in Shinobi World, para Master System, em 1990. Até 2011, a série já tinha 12 títulos, sendo o último Shinobi 3D para o Nintendo 3DS.

Em 2016, a Sega anunciou o início dos trabalhos num filme com produção de Marc Platt (Na Natureza Selvagem, Legalmente Loira, La La Land), baseado em Shinobi, e feito através de sua subsidiária, Stories International.

Fases

Os números entre parênteses são a quantidade de reféns por estágio. Fonte: Arcade Quarter Master.

1) Pursue the Terrorists

  • Street (4)
  • Alley (3)
  • Chefe: Ken-Oh

2) Enter the Enemies` Hideout

  • Wharf (6)
  • Cargo Ship (6)
  • Pier (2)
  • Chefe: Black Turtle

3) Attack the Logistic Base

  • Mountain Side (5)
  • Pipeline Cavern (6)
  • Logistic Base (3)
  • Chefe: Mandara

4) Destroy the Enemy Ninja Group

  • Ninja House Exterior (6)
  • Outer Corridor (6)
  • Inner Corridor (5)
  • Chefe: Lobster

5) Defeat The Behind-The-Scenes Ninja

  • Hideout Exterior (6)
  • Bamboo Forest (4)
  • Dojo Hideout (5)
  • Chefe: Masked Ninja

Créditos

Equipe

  • Sugachan 26 (Yutaka Sugano)
  • Wagamama Kenchi
  • Topi
  • Gyofunori
  • Hanachan
  • Super Haggar
  • Fanta Jijii
  • Yamiagari
  • Shinjuku Otoko

Agradecimentos

  • Pachinker Uke
  • Ponchan 25
Se não tiver conta no Memória BIT, será criada uma. Nada será publicado em seu perfil.
Se já tem conta no MBIT, faça login nela e vincule-a ao Facebook.

SEM COMENTÁRIOS

X
Todos os comentários passam por moderação antes de publicados. Se o seu for aprovado, vai aparecer em breve!

DEIXE UM COMENTÁRIO